Primeiro-ministro inicia esta terça-feira primeira visita oficial a Timor-Leste

Primeiro-ministro inicia esta terça-feira primeira visita oficial a Timor-Leste
| Política
Porto Canal/Agências

O primeiro-ministro António Costa inicia esta terça-feira a sua primeira visita oficial a Timor-Leste, mas também a primeira de um chefe de Governo estrangeiro desde a tomada de posse do novo executivo timorense, a 1 de julho.

Na agenda de António Costa, além dos encontros com as mais importantes figuras do Estado, destaque para a visita, no segundo e último dia do programa em Timor-Leste, ao cemitério de Santa Cruz, local onde ocorreu o massacre de 12 de novembro de 1991, durante a ocupação indonésia, e onde morreram mais de 300 timorenses.

Na agenda desta terça-feira da visita oficial de António Costa destaque para os encontros com duas figuras históricas de Timor-Leste: o Presidente, José Ramos-Horta, o primeiro-ministro, Xanana Gusmão.

A presença no Parlamento Nacional, atualmente presidido por Fernanda Lay, a primeira mulher a ocupar o cargo em Timor-Leste, está marcada para quarta-feira, o último dia da visita oficial ao país de 1,3 milhões de habitantes, que ocupa o 140.º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano das Nações Unidas.

A agenda do primeiro-ministro português contempla ainda visitas a instituições educativas, como a Escola Portuguesa de Díli, a inauguração das novas instalações do Centro de Língua Portuguesa na Universidade Nacional Timor Lorosa'e e ao Centro Cultural Português, bem como ao Centro Juvenil Padre António Veira e ao Externato São José.

A acompanhar António Costa está também o ministro dos Negócios Estrangeiros, que iniciou na segunda-feira uma visita oficial ao sudeste asiático, com passagem pela Indonésia, Timor-Leste e Filipinas para discutir a intensificação das relações económicas.

Após encontros com os ministros dos Negócios Estrangeiros da Indonésia e de Timor-Leste, João Gomes Cravinho tem agendada para quinta-feira uma reunião com o ministro da Energia filipino, Rafael Lotilla.

No dia seguinte, o governante português será recebido pelo homólogo filipino, Enrique Manalo, para debater o papel das Filipinas como coordenador das relações entre a União Europeia e a Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), naquela que será a primeira vez que um chefe da diplomacia portuguesa se desloca àquele país para uma visita bilateral, com as questões económicas e o potencial de cooperação nas energias renováveis em destaque.

+ notícias: Política

PSD: Montenegro eleito novo presidente com 73% dos votos

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.

Governo e PS reúnem-se em breve sobre medidas de crescimento económico

Lisboa, 06 mai (Lusa) - O porta-voz do PS afirmou hoje que haverá em breve uma reunião com o Governo sobre medidas para o crescimento, mas frisou desde já que os socialistas votarão contra o novo "imposto sobre os pensionistas".

Austeridade: programa de rescisões poderá conter medida inconstitucional - jurista

Redação, 06 mai (Lusa) - O especialista em direito laboral Tiago Cortes disse hoje à Lusa que a constitucionalidade da medida que prevê a proibição do trabalhador do Estado que rescinde por mútuo acordo voltar a trabalhar na função Pública poderá estar em causa.