Urgência Geral do Hospital de Setúbal com constrangimentos até às 20:00 de hoje

| País
Porto Canal / Agências

O Hospital de São Bernardo, em Setúbal, está com "constrangimentos" no atendimento de doentes no Serviço de Urgência Geral, situação que se deverá manter até às 20:00 de hoje, revelou a Câmara de Setúbal.

Fonte oficial do Centro Hospitalar de Setúbal confirmou à agência Lusa que a Urgência Geral está a funcionar com constrangimentos e que os doentes estão a ser encaminhados para outras unidades hospitalares pelo Centro de Atendimento de Doentes Urgentes (CODU).

Segundo a Câmara de Setúbal, o CODU referiu que o Hospital de São Bernardo, que integra o Centro Hospitalar de Setúbal, está com constrangimentos no Serviço de Urgência Geral desde as 09:45, prevendo que a situação se mantenha até às 20:00 de hoje.

Fonte do município sadino revelou também que o Serviço de Urgência de Ginecologia/Obstetrícia do Hospital de São Bernardo também esteve com "constrangimentos" nos últimos dias, situação que, segundo a previsão do hospital, só terá terminado às 09:00 de hoje.

De acordo com o Centro Hospitalar de Setúbal, neste momento, a "Urgência de Ginecologia está a funcionar normalmente".

A Câmara de Setúbal referiu ainda que, na passada quarta-feira, pediu uma reunião ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Setúbal para analisar estes problemas, pedido que até ao momento não obteve resposta.

+ notícias: País

Ex-acionista David Neeleman terá comprado a TAP com montante financiado pela própria companhia

O caso está a ser investigado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal que abriu esta semana um inquérito. David Neeleman, ex-acionista da TAP, terá sido financiado pela própria companhia para controlar a TAP. Segundo avança o jornal ECO, a análise legal sustenta que Neeleman garantiu a compra da companhia aérea portuguesa com dinheiro cedido pela Airbus, a troco da compra de aviões.

"Não há qualquer comboio a circular neste momento". Greve dos maquinistas da CP com adesão total até às 7h

A adesão à greve dos maquinistas da CP - Comboios de Portugal está a ser total, tendo sido suprimidas todas as ligações previstas até às 6h, segundo fontes do sindicato e da empresa.

Dia nacional de protesto. CGTP organiza greves e manifestações em vários pontos do país

A CGTP realiza, esta quinta-feira, um dia nacional de protesto, com greves e manifestações em vários pontos do país, pelo aumento dos salários e das pensões, contra a subida do custo de vida e para reivindicar emprego com direitos.