Tâmega e Sousa é quem mais contribui para a balança comercial do país - CETS

| Economia
Porto Canal / Agências

Felgueiras, 10 jul (Lusa) - O presidente do Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa (CETS) disse hoje à Lusa que a região é a que mais contribui para a balança comercial do país.

Segundo Luís Miguel Ribeiro, aquele território destaca-se por apresentar a melhor taxa de cobertura entre importações e exportações, superior a 240%.

O dirigente representa as empresas da região que lidera os indicadores nacionais de exportação nos setores de calçado, mobiliário, vinho verde e extração e transformação de granitos.

Luis Miguel Ribeiro acompanhou hoje Miguel Frasquilho, presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, na visita que realizou à região.

À Lusa o empresário disse ter sido possível mostrar ao representante da AICEP o "grande potencial económico da região".

"A vinda de Miguel Frasquilho serve para refletirmos sobre estes dados, para estimularmos os nossos empresários e percebermos que não estamos sozinhos", afirmou.

Miguel Frasquilho visitou hoje duas empresas exportadoras, a primeira do setor dos granitos, em Alpendurada, Marco de Canaveses, e a segunda de produção de calçado, em Felgueiras.

No final, reuniu-se na sede do CETS, em Felgueiras, com representantes das várias associações empresariais.

O presidente do CETS sublinhou que o maior património da região é ter uma das populações mais jovens do país e da Europa, o que, anotou, "faz toda a diferença em termos de recursos humanos para as empresas".

Para o representante dos empresários, aquele território "tem condições para, na próxima década, ser a região em Portugal e da Europa com melhores índices de crescimento".

Defendeu também que a parceria que existe entre instituições que representam os empresários e os autarcas, traduzida em vários planos estratégicos e sectoriais, vai permitir à região captar uma fatia significativa dos fundos do próximo quadro europeu destinado a estimular e economia.

O presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) sublinhou hoje, em Felgueiras, o exemplo da região Tâmega e Sousa, por ser a que apresenta o melhor indicador do país na taxa de cobertura das importações pelas exportações.

"É um exemplo a seguir pelo resto do território nacional", afirmou, considerando tratar-se de uma região "extraordinariamente dinâmica".

APM // MSP

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Boas ou más notícias para o crédito à habitação? Taxas Euribor com novas atualizações

A taxa Euribor desceu esta quinta-feira a três e a seis meses, no prazo mais longo para um novo mínimo desde 13 de junho do ano passado, e subiu a 12 meses.

Bruxelas elogia cortes "permanentes de despesa" anunciados pelo Governo

A Comissão Europeia saudou hoje o facto de as medidas anunciadas pelo primeiro-ministro se basearem em "reduções permanentes de despesa" e destacou a importância de existir um "forte compromisso" do Governo na concretização do programa de ajustamento.

Bruxelas promete trabalhar "intensamente" para conluir 7.ª avaliação

Bruxelas, 06 mai (Lusa) -- A Comissão Europeia está empenhada em trabalhar "intensamente" para terminar a sétima avaliação à aplicação do programa de resgate português antes das reuniões do Eurogrupo e do Ecofin da próxima semana, mas não se compromete com uma data.