Caminha diz que recuperação do dinheiro “é um ponto de honra”

Caminha diz que recuperação do dinheiro “é um ponto de honra”
| Norte
Porto Canal

O atual Presidente da Câmara de Caminha, Rui Lages, diz que vai fazer tudo o que for preciso para recuperar os 300 mil euros do adiantamento pago em 2020 à empresa Green Engodneous.

Em causa está o contrato de arrendamento do Centro de Exposições Transfronteiriço.

A declaração do presidente foi feita durante a reunião extraordinária da assembleia municipal de Caminha, esta quinta-feira à noite, onde foi discutido o caso que levou à demissão do ex-secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro e ex-autarca, Miguel Alves.

Na assembleia, Rui Lages disse que “a recuperação do dinheiro é um ponto de honra para o município de Caminha" e que se isso não acontecer “a câmara municipal disponibilizará todos os meios necessários e ao seu alcance para que possa ficar com este montante em seu poder” acrescentando que “este é um objetivo pessoal”.

No entanto, o autarca comentou a forma como todo o caso tem vindo a ser tratado: "Só tenho a lamentar a forma como o concelho de Caminha foi tratado. Não merecíamos ser tratados dessa forma. Podemos debater política, fazer política e esgrimir argumentos. Não podemos é humilhar, achincalhar, culpar. A culpa serão os tribunais decidi-la".

+ notícias: Norte

PS quer que Casa do Douro volte a ser associação pública e de inscrição obrigatória

O PS entregou, esta semana, no Parlamento, um projeto-lei que pretende trazer de novo a Casa do Douro para a esfera pública, atribuindo-lhe novas competências e inscrição obrigatória. Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) mostra-se contra a reinstitucionalização, pedindo uma organização forte e representativa dos produtores. 

Rede de Turismo Industrial da região Porto e Norte conta com mais 15 pontos de visita

O Turismo do Porto e Norte alarga, na próxima segunda-feira, a mais 15 entidades da região a sua rede de Turismo Industrial, passando assim a incluir mais de 100 pontos de visita nessa oferta de museus, fábricas e outros equipamentos.

Aumento de 7,9% da Águas da Região de Aveiro "em conformidade com o regulador"

A empresa Águas da Região de Aveiro (AdRA) esclareceu, esta sexta-feira, que o aumento em 7,9% do tarifário da água e saneamento para 2023 “está em conformidade com a Entidade Reguladora”.