Capital submersa: há inundações em vários pontos de Lisboa 

Capital submersa: há inundações em vários pontos de Lisboa 
| País
Porto Canal

Esta terça-feira ficou marcada por várias inundações em Lisboa. O mau tempo provocou cerca de 30 ocorrências em vários pontos da cidade, avança o Regimento de Bombeiros Sapadores.

De acordo com a informação disponível no site, há cerca de 25 cheias quer em espaços privados, quer em espaços públicos. A zona de Alvalade e Alcântara foram as mais afetadas em Lisboa, e registaram alguns estragos em viaturas e edifícios.

 

 De acordo com o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa, Tiago Lopes, "algumas vias da cidade de Lisboa estiveram cortadas devido ao escoamento de águas". "As tampas de escoamento de águas levantaram devido ao caudal, o que obrigou a interromper a circulação", explicou à Lusa, confirmando também a ocorrência de algumas quedas de árvores na cidade.

Perante o caos, há quem tivesse deixado recados para o presidente da Câmara Municipal de Lisboa. 

 Em resposta a um dos conteúdos dirigidos a Carlos Moedas, o autarca respondeu através da rede social instagram reforçando que lamenta "a situação vivida" e que a Câmara está a "investir 250 milhões de euros no Plano Geral de Drenagem da cidade". 

A Proteção Civil registou 182 ocorrências em Portugal continental, entre as 00:00 e as 15:00 de hoje, devido à chuva forte e ao vento, sendo os distritos de Lisboa e de Aveiro os mais afetados.

+ notícias: País

Sabe porque é que é feriado no dia 1 de dezembro?

O feriado de 1 de dezembro foi suspenso em 2012 e na época criou uma forte indignação. O objetivo da suspensão, aprovada sob o governo de Passos Coelho em 2012, foi "acompanhar, por esta via, os esforços de Portugal e dos portugueses para superar a crise económica e financeira que o país atravessa". Mas ele voltou. Em 2016, o primeiro de dezembro volta a ser feriado em Portugal, dando as boas-vindas ao último mês do ano com uma folga para a maioria dos portugueses.

Teresa Bonvalot 'surfou' para os quartos de final do Haleiwa Challenger no Havai

A surfista portuguesa Teresa Bonvalot garantiu esta quinta-feira um lugar nos quartos de final da última prova das 'Challenger Series' da Liga Mundial de Surf (WSL), que decorre em Haleiwa, no Havai, enquanto Mafalda Lopes foi eliminada.

Supremo Tribunal de Justiça aceita recurso da defesa das famílias das vítimas na praia do Meco

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) aceitou o recurso de revista excecional da defesa das famílias das vítimas que morreram na praia do Meco, em 2013, após a Relação de Évora ter considerado em julho o recurso improcedente.