Fim da propina para ensino de português no estrangeiro não passará no parlamento, afirma Paulo Pisco

Fim da propina para ensino de português no estrangeiro não passará no parlamento, afirma Paulo Pisco
| Política
Porto Canal/ Agências

Os pareceres do BE, PCP e PAN sobre a eliminação da propina para o ensino de português no estrangeiro foram esta terça-feira votados favoravelmente em comissão parlamentar, uma intenção que não passará no parlamento, segundo o deputado socialista Paulo Pisco.

A Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas votou esta terça-feira quatro projetos, do Bloco de Esquerda, Partido Comunista Português, Pessoas-Animais-Natureza e Chega, que, basicamente, defendem a eliminação da propina para o ensino de português no estrangeiro e a gratuitidade dos manuais escolares.

Segundo o deputado socialista da comissão Paulo Pisco, os pareceres do BE, PCP e PAN foram aprovados favoravelmente, mas o do Chega mereceu a abstenção do PS por conter no seu propósito “elementos xenófobos”.

O deputado referia-se, nomeadamente, aos destinatários deste ensino que atualmente não se destina apenas a portugueses ou lusodescendentes, mas a quem queira aprender a língua portuguesa, com o que alegadamente o Chega não concorda, segundo Paulo Pisco.

Após a aprovação destes pareceres, a eliminação da propina será debatida e votada em plenário da Assembleia da República, mas Paulo Pisco adiantou que os mesmos não deverão ser aprovados, pois é outro o “compromisso” do Governo.

“O compromisso do Governo é reduzir os encargos dos portugueses” e isso será sempre definido “em cada orçamento do Estado que for aprovado”.

+ notícias: Política

António Costa confirma presença no Qatar para assistir aos oitavos de final

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta sexta-feira que estará presente no próximo jogo da seleção nacional de futebol no campeonato mundial, no Qatar, durante os oitavos de final.

PSD: Montenegro eleito novo presidente com 73% dos votos

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.

Deputados chumbam gratuitidade de manuais escolares para alunos do privado

A Assembleia da República chumbou esta sexta-feira três projetos de lei, do PSD, Chega e Iniciativa Liberal, que propunham alargar a gratuitidade dos manuais escolares aos alunos dos estabelecimentos de ensino do setor privado e cooperativo.