Info

Cinanima começa a 8 de novembro e lança simpósio sobre animação consciente e ativista

| Norte
Porto Canal com Lusa

Espinho, Aveiro, 12 out 2021 (Lusa) -- A 45.ª edição do Cinanima -- Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho realizar-se-á de 8 a 14 de novembro, nessa cidade do distrito de Aveiro, lançando o simpósio "animaScapes" para refletir sobre cinema animado "consciente e ativista".

Segundo revela hoje a direção do certame a que concorreram "2994 filmes de 111 países", esse conjunto de conferências é a principal novidade do evento que, combinando o formato presencial com o 'online', contará com 13 sessões competitivas e as complementará com painéis especiais para famílias, retrospetivas temáticas, programas pedagógicos, 'workshops', 'masterclasses' e exposições.

"O 'animaScapes' será uma forma de abraçar a diversidade, celebrando a animação socialmente consciente e ativista", anuncia a direção do Cinanima em comunicado.

A direção artística do festival cabe ao realizador e docente Pedro Serrazina, que, citado no mesmo documento, declara: "Mais do que nunca é necessário promover a animação como uma forma de arte que reflete sobre questões que nos afetam a todos".

Envolvendo animadores, investigadores e académicos, o simpósio "animaScapes" apresentará assim projetos relacionados com a atual "situação de incerteza" que se vive na indústria cinematográfica, propondo-se discutir práticas de um cinema de animação que se quer comprometido com "temas sociopolíticos, questões de género e espaço urbano".

Outra novidade da 45.ª edição do festival será o debate dedicado aos "Olhares sobre a Animação Portuguesa", com "especialistas de várias áreas -- da sociologia às ciências da comunicação".

O objetivo é refletir sobre o cinema animado nacional e, na sua estreia, a iniciativa terá em análise o trabalho dos realizadores Vasco Sá e David Doutel.

Quanto às sessões não-competitivas, estão anunciadas quatro, a começar por "Animanarchy", que reunirá uma seleção de obras com curadoria de Daniel Suljic, diretor do Animafest Zagreb - World Festival of Animated Film, da Croácia.

A essa panorâmica acrescentam-se três outras: "Rebellious Animation", com escolhas de Olga e Michal Bobwroski, diretores do festival esloveno StopTrik; "America-s Latina-s", com filmes selecionados por Lucia Cavalchini, diretora do Festival Animasivo, do México; e "Ars Electronica", que, comissariado por Jurgen Hagler, dará a conhecer filmes que combinam cinema animado com tecnologia.

Do cartaz do Cinanima de 2021 consta ainda "um filme-concerto, duas instalações da artista multimédia Lea Vidakovic e uma exposição de ilustração e banda-desenhada por 11 dos melhores autores portugueses", para assinalar os 30 anos do estúdio Animanostra.

AYC // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Hospital de Braga espera "para breve" consenso com chefes de equipa da Urgência

A administração do Hospital de Braga garantiu hoje, em comunicado, que há “avanços positivos no diálogo” com os chefes de equipa do Serviço de Urgência, adiantando que “espera alcançar um consenso em breve”.

Assalto com arma de fogo ao Posto dos Correios de Valadares, em Vila Nova de Gaia

Um motociclista, munido com uma arma de fogo, assaltou hoje o Posto dos Correios de Valadares, na Rua Ferreira de Castro, em Vila Nova de Gaia, tendo conseguido fugir às autoridades, revelou à Lusa fonte da PSP.

Juiz de instrução do Porto manda julgar grupo familiar por escravizar 14 pessoas

Um casal e um filho de ambos vão a julgamento por sujeitarem pelo menos 14 pessoas fragilizadas a trabalho escravo em explorações agrícolas espanholas, entre 2011 e 2016, determinou um juiz de instrução criminal do Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.