Volt diz que resultado do Porto é satisfatório para um partido novo

| Política
Porto Canal com Lusa

Porto, 27 set 2021 (Lusa) -- O cabeça de lista do Volt Portugal (VP) à Câmara Porto, André Eira, considerou hoje que o resultado eleitoral obtido (442 votos, 0,42%) é "satisfatório", tendo em contra que se trata de um partido recente.

"Isto não é um 'sprint', é uma maratona", acrescentou o candidato que ficou no antepenúltimo lugar numa disputa que envolveu 11 candidaturas.

"Apesar das limitações decorrentes de sermos um partido novo e de não nos darem oportunidade em participar em alguns debates, conseguimos, apesar de tudo, um resultado satisfatório", declarou à agência Lusa.

O independente Rui Moreira foi reeleito no domingo presidente da Câmara do Porto, sem maioria no executivo, e o BE elegeu um vereador pela primeira vez, enquanto o PS perdeu um e o PSD duplicou o mandato de 2017.

Na eleição da Câmara Municipal e com o escrutínio provisório fechado nas sete freguesias do Porto, o movimento independente Rui Moreira: Aqui Há Porto! obteve, 40,72% dos votos, elegendo seis vereadores, não tendo conseguido reeditar a maioria absoluta conquistada nas autárquicas de 2017.

Seguiram-se o PS, com 18,02% (três mandatos), PPD/PSD (17,25% e dois mandatos), PCP-PEV (7,51%, um mandato), Bloco de Esquerda (6,25%, um mandato), Chega (2,93%), PAN (2,79%), L (0,46%), VP (0,42%), PPM (0,21%) e Ergue-te (0,08%).

JGJ (SPYC/VSYM) // JAP

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Frente Cívica quer acesso a pareceres pedidos por ministra da Coesão Territorial

A associação Frente Cívica pediu esta terça-feira acesso aos pareceres que a ministra da Coesão Territorial solicitou para avaliar um eventual conflito de interesses por empresas dirigidas pelo marido terem recebido fundos comunitários, área tutelada por Ana Abrunhosa.

Manuel Pizarro dá início à dissolução da empresa da qual é sócio-gerente

Manuel Pizarro, atual ministro da Saúde, comunicou, através de um esclarecimento enviado às redações, ter dado início ao processo de dissolução da empresa 'Manuel Pizarro - Consultadoria, Lda', da qual é sócio-gerente. Este comunicado surgiu depois da 'CNN Portugal' ter noticiado que o ministro da Saúde, após três semanas ded ter assumido o cargo, ainda era gerente de uma empresa na área da saúde.

Ministra admite "pequenos acertos" nos aumentos e destaca esforço significativo

A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, disse esta segunda-feira que há margem para melhorar a proposta de aumentos salariais da função pública, admitindo "pequenos acertos", mas destacando o esforço orçamental que o atual documento já contempla.