Info

Antigo autarca de Terras de Bouro e dois técnicos acusados por prevaricação

| Norte
Porto Canal com Lusa

Redação, 13 jul 2021 (Lusa) - O Ministério Público (MP) de Braga acusou um antigo presidente da câmara de Terras de Bouro e dois técnicos da autarquia pelo licenciamento alegadamente ilegal de uma obra particular em área da Reserva Agrícola Nacional.

Sem citar nomes, a Procuradoria do Porto informa hoje que a acusação incide também sobre a proprietária que em 2010 requereu o licenciamento para uma construção em zona de reserva, na freguesia de Balança, naquele concelho do distrito de Braga.

Todos sabiam, segundo o MP, que a área de implantação da habitação cujo licenciamento de construção estava a ser pedido "violava norma expressa e imperativa do regime da Reserva Agrícola Nacional".

Ainda assim, e "agindo todos de forma concertada, a arguida deu entrada ao pedido e o arguido presidente da câmara municipal, por decisões de setembro e dezembro de 2010, acolitado por pareceres favoráveis prestados pelos restantes arguidos [chefe de urbanismo e técnico superior nessa divisão], deferiu o licenciamento", acrescenta a Procuradoria do Porto, em nota na sua página da Internet.

À altura dos factos, a autarquia era dirigida por Joaquim Cracel Viana, eleito pelo PS.

JGJ // JAP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Fundação de Serralves abre concurso público para ampliação de museu

O concurso público para a ampliação do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, no Porto, foi publicado hoje em Diário da República, com um valor-base de 8,2 milhões de euros e um prazo de conclusão de 500 dias.

Presidente do Turismo e Norte diz que "este último ano e meio foi muito intenso a nível de trabalho"

O Presidente do Turismo Porto e Norte, Luís Pedro Martins, falou, em declarações ao Porto Canal, na manhã desta segunda-feira, sobre o Turismo a nível do Norte e, disse que "este último ano e meio foi muito intenso a nível de trabalho e grande atividade". 

Homem morre esfaqueado em Matosinhos 

Um homem morreu esfaqueado, na noite deste domingo, em Matosinhos, na rua Guilherme Felgueiras. O alerta foi dado pela 22h30.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.