Info

Trabalhadores da Schnellecke em protesto para “minimizar as diferenças intrínsecas e melhorar os salários”

| Norte
Porto Canal

Os trabalhadores da Schnellecke estão em protesto, esta quinta-feira, em Vila Nova de Famalicão, com o objetivo de “acabar com as desigualdades dentro da empresa e melhorar os salários”, uma vez que são as pessoas distribuídas por tornos, que prestam serviços para a ‘Continental Mabor’, que se estão a fazer ouvir.

Um dos funcionários da empresa afirma, em declarações ao Porto Canal, que “a empresa não quer ter qualquer conversa com os trabalhadores e por isso tiveram que chegar a este ponto”.

+ notícias: Norte

Despovoamento do Douro Património Mundial preocupa coordenador da candidatura

A principal consequência da classificação do Douro Património Mundial da UNESCO foi a "preservação do bem", afirmou o coordenador da candidatura que se mostrou preocupado com a "desertificação progressiva" e a "sustentabilidade económica" da região.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.