Info

Trabalhadores da Schnellecke em protesto para “minimizar as diferenças intrínsecas e melhorar os salários”

| Norte
Porto Canal

Os trabalhadores da Schnellecke estão em protesto, esta quinta-feira, em Vila Nova de Famalicão, com o objetivo de “acabar com as desigualdades dentro da empresa e melhorar os salários”, uma vez que são as pessoas distribuídas por tornos, que prestam serviços para a ‘Continental Mabor’, que se estão a fazer ouvir.

Um dos funcionários da empresa afirma, em declarações ao Porto Canal, que “a empresa não quer ter qualquer conversa com os trabalhadores e por isso tiveram que chegar a este ponto”.

+ notícias: Norte

Rui Moreira toma hoje posse para terceiro e último mandato no Porto

O independente Rui Moreira toma hoje posse para o terceiro e último mandato como presidente da Câmara Municipal do Porto e, após ter vencido as autárquicas de setembro sem maioria absoluta, estabeleceu um acordo de governação com o PSD.

Trabalhadores das cantinas do Instituto Politécnico do Porto protestam pela reabertura das empresas

Os trabalhadores das cantinas do Instituto Politécnico do Porto, protestaram pela reabertura das empresas, na passada terça-feira. Em declarações ao Porto Canal, os trabalhadores mostram-se "muito preocupados" porque "não se encontram no desemprego e é difícil suportar todas as despesas no dia a dia".

Militares trabalham num posto da GNR de Matosinhos em perigo de ruína

Cerca de 70 militares trabalham num posto da GNR de Matosinhos em perigo de ruína. Em declarações ao Porto Canal, César Nogueira da Associação de Profissionais da Guarda, espera que "o Ministério da Administração Interna não esteja à espera que aconteça uma tragédia para se resolver a situação da degradação do edifício".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.