Covid-19: António Costa convoca reunião de urgência do gabinete de crise para sexta-feira

Covid-19: António Costa convoca reunião de urgência do gabinete de crise para sexta-feira
| País
Porto Canal com Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, convocou com caráter de urgência, para sexta-feira, em São Bento, uma reunião do gabinete de crise para o acompanhamento da evolução da covid-19 em Portugal, disse hoje à agência Lusa fonte do Governo.

A mesma fonte adiantou que a reunião, que se inicia às 11:30, surge na sequência do "contínuo aumento" de novos casos diários de infeção com o novo coronavírus e pela necessidade de "reforçar a sensibilização dos cidadãos para a adoção de medidas de prevenção e de segurança contra a covid-19".

Do gabinete de crise, que se reuniu pela última vez em 29 de junho, em São Bento, fazem parte os ministros de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, de Estado e da Presidência, Marina Vieira da Silva, de Estado e das Finanças, João Leão, da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, da Administração Interna, Eduardo Cabrita, do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, da Saúde, Marta Temido e das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

Integram ainda este gabinete de crise os secretários de Estado dos Assuntos Parlamentares, Adjunto do Primeiro Ministro, Adjunto e da Defesa, da Juventude e Desporto e da Mobilidade.

Portugal contabiliza hoje mais 10 mortes relacionadas com a covid-19 e 770 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 1.888 mortes e 66.396 casos de infeção.

A DGS indica que cinco mortes foram registadas na região Norte, duas na região de Lisboa e Vale do Tejo, duas na região Centro e uma na região do Algarve.

Em vigilância estão 37.804 contactos, mais 517 do que na quarta-feira.

 

+ notícias: País

Mais de 1500 operacionais no terreno para evitar reativações de incêndios na serra da Estrela e Caldas da Rainha

Mais de 1500 operacionais e cinco meios aéreos continuam em operações nos incêndios da serra da Estrela e das Caldas da Rainha, atualmente em resolução, para evitarem reativações, disse a Proteção Civil no último balanço.

PJ detém suspeito de homicídio da companheira no Barreiro

A Polícia Judiciária deteve um homem de 31 anos suspeito do homicídio da companheira, de 38, praticado com arma branca na localidade do Barreiro, distrito de Setúbal.

Liga dos Bombeiros defende criação de Comando Nacional para melhor combate aos incêndios 

A Liga dos Bombeiros defende a criação de um Comando Nacional de Bombeiros e presidente, António Nunes, diz que desta forma existiriam melhorias no combate aos incêndios.