Info

Bloco de Esquerda pede que medalha de mérito da Cidade do Porto atribuída ao marido de Isabel dos Santos seja retirada

| Norte
Porto Canal

José Soeiro, deputado do Bloco de Esquerda, anunciou, esta terça-feira, que o partido vai pedir à Assembleia Municipal do Porto que seja retirada a medalha de mérito da cidade, grau ouro, atribuída, em 2015, a Sindika Dokolo, marido da empresária angolana Isabel dos Santos, protagonista do recente caso Luanda Leaks, onde está indiciado que Isabel dos Santos terá desviado mais de 100 milhões de dólares da Sonangol para uma 'offshore' no Dubai.

 

O depuatdo considera que "a cidade do Porto não deve ter nenhum orgulho na medalha atribuída e deve retirar a homenagem que foi feita". José Soeiro refere ainda que o Bloco de Esquerda entende que "não há nenhum mérito em assaltar um povo e em utilizar a promoção da cultura para branquear essa forma de corrupção."

Para o deputado do Bloco de Esquerda "a família de Isabel assaltou o povo angolano e fê-lo com a cumplicidade da elite económica e política em Portugal", por isso, a medalha de mérito da Cidade do Porto atribuída em 2015 a Sindika Dokolo é "uma forma de conivência com esse assalto" e "deve ser retirada", pedido que o partido de José Soeiro fará à Assembleia Municipal do Porto.

+ notícias: Norte

Covid-19: Póvoa de Lanhoso avança com despistes em lares “por sua responsabilidade”

A Câmara da Póvoa de Lanhoso vai avançar "por sua responsabilidade" com a realização de testes de despiste do novo coronavírus nos lares e instituições do concelho, defendendo que "não se pode esperar semanas" pelo calendário do Governo.

Covid-19: Pavilhão Rosa Mota no Porto passa a "Hospital de Missão" para até 300 doentes

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como “Hospital de Missão” e, com 300 camas, servirá para acolher doentes com poucos sintomas de covid-19 ou até assintomáticos sem “retaguarda familiar”, anunciou hoje a câmara.

Covid-19: Neste momento "não faz qualquer sentido" cordão sanitário no Porto 

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, afirmou hoje que neste momento "não faz qualquer sentido" decretar um cordão sanitário no Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.