Info

Máquinas do Metro Porto recusam novas nota de 5 euros

| Norte
Porto Canal

As máquinas de títulos para o Andante do Metro do Porto não aceitam as novas notas de cinco euros, mas o Metro do Porto garante que a solução está a ser "trabalhada" e estará pronta em "breve".A nova série de notas de euro, denominada "série Europa" e em circulação há cerca de 15 dias, está a ser rejeitada pelas cerca de 100 máquinas instaladas nas estações de metro do Porto, mas a empresa de Transportes Intermodais do Porto (TIP), entidade que gere o sistema do Andante está a trabalhar numa solução, disse hoje à Lusa fonte das relações públicas do Metro Porto.

"Está a ser trabalhada a solução, para que as notas possam ser aceites em todas as máquinas de vendas de bilhetes Andante e em breve estará implementada", declarou a mesma fonte do Metro do Porto.

Em declarações à Lusa um funcionário da Loja do Andante do Metro do Porto confirmou à Lusa que têm tido várias reclamações de utentes nos últimos dias, porque querem pagar os bilhetes com as notas novas de cinco euros, mas que não o conseguem, porque as máquinas estão a rejeitá-las.

"O tema está a ser tratado para se implementar a solução que permita as máquinas aceitarem as notas novas", acrescentou.

As alternativas para comprar os bilhetes no Metro no Porto têm passado recarregar o Andante nas lojas do Metro do Porto, pagar com multibanco, ou pagar com notas de valor mais elevado ou com moedas, acrescentou a mesma fonte de uma das Lojas do Andante.

A nova série de notas de euro é denominada "série Europa" devido a um retrato de Europa -- uma figura da mitologia grega que deu origem ao nome do nosso continente -- que aparece no holograma e na marca de água das notas.

O Banco de Portugal explica, na sua página da Internet, que a série Europa continuará a proporcionar "excelente proteção contra a contrafação, tornando as notas de euro ainda mais seguras".

"As novas notas incluem melhores elementos de segurança, que levam em linha de conta os progressos alcançados na segurança e tecnologia das notas. Além disso, a série Europa pretende ser mais duradoura, o que significa que as notas serão substituídas com menor frequência, reduzindo assim os custos e o impacto no meio ambiente.

O Banco de Portugal chegou a emitiu, há uns dias, um comunicado a lembrar que "quaisquer equipamentos que aceitem pagamentos com notas têm de ter o software adaptado" ao tipo de notas que irão poder receber.

"A responsabilidade pela atualização de software, de modo a permitir que os equipamentos aceitem a nova nota de cinco euros da série Europa, é dos próprios fornecedores de equipamentos", referia o comunicado do Banco de Portugal, acrescentando que aos fornecedores foi dada a possibilidade de fazerem os necessários testes desde novembro de 2012, em qualquer banco central nacional do Euro sistema.

+ notícias: Norte

Reportagem: 99 anos de Coelima: que futuro?

99 anos de Coelima: que futuro?

Metro do Porto reduz operação na noite de São João devido às limitações impostas pela pandemia de covid-19

A Metro do Porto revelou hoje que a operação na noite de São João, de quarta para quinta-feira, será reduzida e que, devido às limitações impostas pela pandemia de covid-19, não haverá reforço de horários como em anos anteriores.

Diretor do Parque Natural do Tua diz que as Comunidades Intermunicipais "rebentaram" com a identidade territorial das regiões

O diretor do Parque Natural Regional do Vale do Tua, Artur Cascarejo, considerou hoje que a criação das Comunidade Intermunicipais (CIM) foi um processo "irracional" que "rebentou" com a identidade territorial das regiões.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.