"Temos um planeamento da mobilidade e das cidades muito desarticulado"

| Porto Canal

Paula Teles, engenheira civil - planeamento do território, explica que o problema do trânsito no Porto foca-se no "número da utilização automóvel" que aumentou substancialmente em 2001, 2011 e 2017 numa percentagem que passou dos 40% para quase os 70% nas viagens de casa para o trabalho/escola. Acrescenta ainda "bastantes fundos comunitários" estão a ser injetados para contrariar esta situação e "alguma coisa corre mal" porque as pessoas continuam a utilizar o automóvel. Defende também que “temos um planeamento da mobilidade e das cidades muito desarticulado”.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.