"É um remendo que vai custar muito dinheiro (15 milhões de euros) para que daqui a 10/15 anos se volte a fazer mais um remendinho"

| Porto Canal

José Estima, diretor-vogal da Associação de Pilotos Portugueses de Linha Aérea, afirma que as obras que se vão realizar na pista do aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, são um "remendo" de algo que não foi bem pensado "nas obras iniciais do ano de 2002" uma vez que "o taxiway devia ter sido construído até ao fim da pista quando foi feita a intervenção maior" no local. Defende ainda que este investimento de 15 milhões de euros no taxiway "é um remendo que vai custar muito dinheiro" e que o mais provavel é que "daqui a 10/15 anos se volte a fazer mais um remendinho e se volta a fazer mais 200 ou 300 metros de taxiway".

O diretor diz ainda que "do ponto de vista estratégico e regional, é um erro crasso não aproveitar mais uma intervenção no aeroporto" para resolver de uma vez o taxiway até ao final da pista, o que duraria cerca de 20/30 anos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS