Info

Ensino profissional é "arma fundamental" para combater desemprego - Nuno Crato

| Política
Fonte: Agência Lusa

Oliveira do Bairro, 25 out (Lusa) - O ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, considerou hoje "uma necessidade imediata" criar ofertas profissionais para quem termina o ensino obrigatório, sendo o ensino profissional "uma das armas fundamentais".

Nuno Crato falava na assinatura de um protocolo entre o Ministério da Educação e Ciência e a Fundação Comendador Almeida Roque, para a criação do Instituto Profissional da Bairrada (IPB), que terá sede em Oliveira do Bairro e vai dar formação nas áreas de Eletricidade e Energia e Metalurgia e Metalomecânica.

"Estamos a apoiar a criação de uma escola profissional de referência, que é iniciativa de um empresário local, através de uma fundação em que a Câmara está envolvida, e é uma iniciativa que se enquadra na aposta do governo e desta equipa ministerial num ensino profissional que ofereça aos jovens saídas profissionais", justificou o ministro.

Nuno Crato salientou que "muitos jovens terminam a escolaridade obrigatória com o desejo de obterem um emprego e não o conseguem", o que tem a ver com o estado da economia, "mas grande parte tem a ver com a necessidade de qualificações técnicas".

O objetivo da nova escola profissional, que representa um investimento superior a dois milhões de euros, é que, "com a ligação à economia regional e às empresas, os jovens saiam preparados para uma integração direta nessas empresas, sem prejuízo de alguns pretenderem prosseguir os seus estudos".

Almeida Roque, empresário com 94 anos, lembrou na cerimónia o seu início de atividade comercial, aos 16 anos, e depois industrial, em que tem sentido a falta de técnicos qualificados, o que o fez idealizar o projeto da escola profissional, que agora será concretizado através da fundação que instituiu.

Perspetivado para 200 alunos, o novo instituto terá oito salas de aula e quatro oficinas e os cursos foram definidos em resultado de um inquérito a 40 empresas representativas da indústria da região.

O IPB vai ser uma "Escola Oficina", direcionando a sua oferta formativa para as áreas de Eletricidade e Energia e Metalurgia e Metalomecânica e terá como cursos disponíveis: Serralheiro Mecânico, Soldador, Técnico de Eletrotecnia, Técnico de Instalações Elétricas, Técnico de Manutenção Industrial de Metalurgia e Metalomecânica e Técnico de Maquinação e Programação/Técnico de Manutenção Industrial e Técnico de Eletrónica, Automação e Comando (TEAC).

A Fundação Comendador Almeida Roque, constituída em 2009, é uma fundação de solidariedade social, sem fins lucrativos, instituída pelo Comendador António Soares de Almeida Roque e pelo Município de Oliveira do Bairro, com o fim de promover, patrocinar e desenvolver atividades no âmbito da educação e formação, bem como a inserção dos cidadãos na vida ativa.

MSO // GC.

Lusa / Fim

+ notícias: Política

Viagens não essenciais para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira

As viagens não essenciais de e para o Reino Unido vão ser permitidas a partir das 00:00 de segunda-feira, bastando apresentar um teste negativo para a covid-19 realizado nas 72 horas anteriores, anunciou hoje fonte governamental.

Presidente da República convencido de que orçamentos para 2022 e 2023 vão passar

O Presidente da República declarou-se hoje convencido de que os orçamentos para 2022 e 2023 vão passar e defendeu que por causa da execução dos fundos europeus é "ainda mais fundamental" a legislatura chegar ao fim.

Ana Abrunhosa diz que regionalização não está "infelizmente" no Programa do Governo

A ministra da Coesão Territorial disse hoje que "infelizmente" não está no Programa do Governo fazer a regionalização, mas existe o objetivo de aumentar a descentralização para os municípios e reforçar o poder e a autonomia das regiões.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m