José Sócrates vai votar sem escolta policial

José Sócrates vai votar sem escolta policial
| País
Porto Canal

A defesa de José Sócrates disse hoje à Lusa que o ex-primeiro ministro socialista vai votar no domingo "sem escolta policial".

A mesma fonte indicou que José Sócrates "vai obviamente votar, mas sem escolta policial", adiantando que "o juiz [do Tribunal Central de Instrução Criminal] em lado nenhum determinou que haveria lugar a escolta policial", para domingo o acompanhar até à secção de voto, em Lisboa.

José Sócrates foi detido a 21 de novembro de 2014, no aeroporto de Lisboa, indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito, tendo ficado preso preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora.

A medida de coação foi alterada para prisão domiciliária, com vigilância policial, a 04 de setembro.

+ notícias: País

Ministério Público anuncia inquérito à compra de aviões pela TAP

O Ministério Público abriu um inquérito à aquisição dos aviões pela TAP, no seguimento de uma auditoria solicitada pelo Governo. A notícia é avançada pelo jornal Observador.

Está decidido. Alunos vão ter que fazer três exames no fim do secundário

O desentendimento entre os ministérios da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e da Educação chegou ao fim. Na tarde desta segunda-feira, em conferência de imprensa, o ministro da Educação, João Costa, abandonou a ideia de acabar com os exames nacionais no 12º ano.

Governo apoia famílias afetadas pelas cheias em dezembro e janeiro

O Governo declarou as cheias de dezembro e janeiro como ocorrência natural excecional, facultando às famílias afetadas apoios para despesas com danos e isenção/diferimento do pagamento de contribuições para a segurança social, segundo diploma publicado esta segunda-feira.