Info

Calçado vai investir 16ME em promoção externa entre Julho deste ano e Junho de 2016

| Economia
Fonte: Agência Lusa

Milão, Itália, 16 fev (Lusa) - O setor do calçado vai investir, entre julho de 2015 e junho de 2016, 16 milhões de euros na promoção externa, apostando nos mercados extracomunitários com potencial de crescimento, marcando presença em cerca de 70 feiras pelo mundo.

Com uma comitiva de 84 empresas portuguesas até quarta-feira na MICAM, a maior feira de calçado do mundo, em Milão, Itália, a associação do setor do calçado, a APICCAPS anunciou o reforço no investimento em promoção externa para o período entre julho deste ano e junho de 2016.

Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da APICCAPS, Paulo Gonçalves, disse que o investimento previsto é de 16 milhões de euros - sendo cerca de 50% financiado por incentivos e o restante pelas empresas do setor - e antecipa a presença em cerca de 70 feiras em todo o mundo.

Segundo o responsável, o enfoque será nos mercados extracomunitários como os da América Latina, Austrália, Nova Zelândia, Emirados Árabes Unidos, Japão e China, sendo esta "a maior iniciativa de sempre nos Estados Unidos", onde será apoiada a presença comercial em quatro cidades de "grande relevância" como Atlanta, Chicago, Los Angeles e Nova Iorque.

"Os Estados Unidos são o maior importador mundial de calçado. Temos perspetivas de investimento muito interessantes", afirmou Paulo Gonçalves.

Para a associação do setor, esta aposta nos mercados extracomunitários justifica-se pelo potencial de crescimento "muito significativo nos próximos anos" do calçado português nestes países.

Paulo Gonçalves acrescentou ainda que atualmente as vendas de calçado português para fora da Europa representam 13% da exportação, sendo objetivo do setor que este valor chegue aos 20% até 2020, ou seja, mais de 500 milhões de euros.

O porta-voz da APICCAPS avançou ainda que complementarmente à presença em feiras, a associação está a criar condições para que as empresas, de forma individual, possam fazer ações de comunicação e imagem, sendo esta a resposta a uma necessidade que foi detetada.

JF// ATR

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Presidente da Ryanair mete "nariz de Pinóquio" a Pedro Nuno Santos para contestar "críticas falsas"

O Presidente Executivo da Ryanair, Michael Kevin O'Leary, numa conferência de imprensa realizada esta sexta-feira, em Lisboa, acusou o Ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, colocando-lhe 'um nariz de pinóquio' numa fotografia, por alegadas "críticas falsas" à empresa. O presidente exige que se construa o aeroporto do Montijo e diz que "Pedro Nuno Santos tem que fazer aquilo que é pago para fazer".

Banca com nova vaga de saída de trabalhadores e admite despedimentos

Os grandes bancos vão reduzir milhares de trabalhadores este ano, um processo que vem acontecendo desde a última crise mas que em 2021 deverá atingir um novo pico, tendo mesmo BCP e Santander Totta admitido recorrer a despedimentos.

Captura de sardinha em Portugal pode aumentar para até 30.000 toneladas

A captura de sardinha em Portugal poderá aumentar para até 30.000 toneladas já este ano, anunciou o ministro do Mar, após o parecer científico do Conselho Internacional para a Exploração do Mar.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.