Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Cineteatro António Lamoso abre portas renovado a 11 de Janeiro

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Santa Maria da Feira, Aveiro, 12 dez (Lusa) - A Câmara da Feira apresentou hoje as novas instalações do Cineteatro António Lamoso que, após uma requalificação de 1,1 milhões de euros, abrirá portas a 11 de janeiro com uma produção encomendada a Maria João e Mário Laginha.

Com capacidade para 518 espectadores, quatro dos quais com mobilidade reduzida, o recinto exibe agora uma estética melhorada, novas valências e uma programação regular - que, com exceção para datas que coincidam com outras propostas culturais de relevo no concelho, procurará garantir à sala espetáculos todos os fins-de-semana.

As produções locais serão parte integrante dessa programação, já que, segundo Gil Ferreira, vereador da Cultura na autarquia, a pretensão do Câmara foi precisamente "que este seja um equipamento de coesão social", que funcione como ponto de "encontro, construção e qualidade de vida para o público residente e para o visitante".

O cineteatro conta, para isso, com camarins melhorados, um 'open space' para apoio à produção e comunicação e três novas 'régies' para trabalho técnico de som e luz, que será, aliás, assegurado por uma equipa residente.

O 'foyer' integrará também uma renovada sala de dança, para criação artística e serviço pedagógico, e ainda um café-concerto que, em processo de concessão a privados, terá atividade regular às quartas-feiras, com tertúlias, concertos, workshops, performances e outras experiências.

"Será um espaço de encontro de públicos heterogéneos, para construção de hábitos de consumo de bens culturais", explica Gil Ferreira.

Quanto à programação do primeiro trimestre de atividade do novo espaço, o arranque faz-se com um espetáculo em que a dupla Maria João e Mário Laginha recria algum do seu repertório para interpretação sinfónica com a Orquestra de Jovens de Santa Maria da Feira.

Seguem-se as atuações de artistas como o fadista Pedro Moutinho, Manuela Azevedo com Bruno Nogueira, Noiserv ou Jorge Palma, a par de espetáculos de interpretação coletiva, como a revista "Chorando e rindo.come.pt", as peças de teatro "Adão sem Eva" e "D. Sancho II - Último Luar" e os espetáculos de bailado "Cinderella", pela companhia Persona, e "Nil City", pelo Ballet Contemporâneo do Norte.

Os bilhetes ficam disponíveis para venda já a partir da próxima terça-feira, mas, nesta fase, apenas no Posto de Turismo de Santa Maria da Feira e através das habituais estruturas de venda online, sendo que só em janeiro passarão a poder ser adquiridos também na bilheteira no próprio Cineteatro.

AYC // MSP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Ministério Público pede condenação de apenas um dos acusados da morte de Giovani e descarta homicídio

O procurador do Ministério Público pediu hoje a condenação a uma pena "nunca inferior a seis anos" de um dos sete acusados da morte de Luís Giovani, descartando o crime de homicídio e pedindo a absolvição dos restantes arguidos.

"Há 70 anos a unir gerações" é o slogan que assinala o aniversário do mercado Bom Sucesso, no Porto

O mercado do Bom Sucesso, no Porto, celebra desde a passada quinta-feira 70 anos de existência através de um conjunto de atividades preparadas, desde concertos a degustações. Para assinalarem estas sete décadas a servirem o povo portuense, lançaram o slogan "há 70 anos a unir gerações". Em declarações ao Porto Canal, Marco Massano, Diretor do mercado Bom Sucesso, explicou que "são 70 anos de muitas gerações a utilizarem o mercado" onde o propósito é continuar com esta missão, a "satisfazer as necessidades dos portuenses por mais 70 anos".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.