Info

Recurso de Fernando Seara subiu para o Tribunal Constitucional

| Política
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 17 jul (Lusa) - O Tribunal da Relação de Lisboa admitiu o recurso para o Tribunal Constitucional apresentado por Fernando Seara contra a decisão que, em sede de providência cautelar, impedia a sua candidatura à presidência da Câmara de Lisboa.

De acordo com um despacho do Tribunal da Relação, de 15 de julho, esta instância admite o recurso "por ser legal, haver legitimidade e estar em tempo" para subir de imediato ao Tribunal Constitucional.

O Movimento Revolução Branca (MRB) interpôs a providência cautelar que levou o Tribunal Cível de Lisboa a declarar o social-democrata Fernando Seara impedido de se candidatar à Câmara de Lisboa para "evitar a perpetuação de cargos", na sequência da lei de limitação de mandatos.

Em junho, o Tribunal da Relação de Lisboa considerou o recurso apresentado por Fernando Seara improcedente e manteve a decisão da primeira instância. O autarca recorreu da decisão para o Tribunal Constitucional.

Paralelamente à providência Cautelar, o Tribunal Cível de Lisboa considerou-se incompetente para julgar a ação principal interposta pelo movimento.

JYR // JLG

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Ministério Público pede pena efetiva de prisão próxima dos três anos para Armando Vara

O Ministério Público (MP) pediu hoje a condenação do ex-deputado Armando Vara a uma pena efetiva próxima dos três anos de prisão por um crime de branqueamento de capitais, do qual foi pronunciado em processo separado da Operação Marquês.

Ministro dos Negócios Estrangeiros assegura que Portugal cumpriu as regras na entrada de britânicos

O ministro dos Negócios Estrangeiros assegurou hoje que Portugal cumpriu as regras de saúde pública relativamente à entrada de turistas britânicos, depois das críticas de Angela Merkel à descoordenação europeia quanto a viagens na União Europeia.

Gondomar contesta divisão da região por lotes para o concurso de transportes

                                    

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS