Info

Ministério da Educação convoca directores para reuniões ainda esta semana

| Política
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 14 out (Lusa) -- O ministro da Educação, Nuno Crato, disse hoje no parlamento que convocou os diretores das 304 escolas com contrato com autonomia e TEIP (Territórios Educativos de Intervenção Prioritária) para reuniões no ministério ainda esta semana.

"Estão marcadas reuniões para esta semana com diretores das escolas TEIP e com autonomia", hoje disse Nuno Crato aos deputados da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura, que na sessão de hoje regista uma sala cheia.

Aos deputados, o ministro disse, a propósito dos problemas com a colocação de professores através da Bolsa de Contratação de Escola (BCE), que é necessária uma "reflexão sobre o processo", insistindo que o caminho é o aprofundamento da autonomia da escolas na contratação de docentes.

"Não está em causa a contratação de escola, o aprofundamento da autonomia das escolas é um objetivo que não iremos abandonar. Um erro informático e incorreções processuais não colocam em causa um processo que todos sabemos estar na direção correta. O caminho não é recuar na autonomia, é dar às escolas a escolha dos professores", declarou Nuno Crato.

O ministro da Educação disse ainda que o ministério está a proceder a um "levantamento da dimensão do problema", sobretudo no que diz respeito aos efeitos sobre os alunos, garantindo apoio pedagógico necessário para compensar o tempo sem aulas.

"Todo o tempo de um aluno é precioso", declarou o responsável pela pasta da Educação.

IMA // SO

Lusa/fim

+ notícias: Política

Gondomar contesta divisão da região por lotes para o concurso de transportes

                                    

Merkel aponta situação em Portugal para criticar descoordenação na UE

A chanceler alemã, Angela Merkel, criticou hoje a falta de regras comuns na União Europeia (UE) relativamente às viagens, dando como exemplo a situação de aumento dos contágios em Portugal, que a seu ver "poderia ter sido evitada".

Ministra da Saúde admite novas medidas para travar evolução da pandemia de Covid-19

O agravamento da situação epidemiológica da covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo pode levar a novas medidas de contenção da pandemia e a um eventual travão no processo de desconfinamento, admitiu hoje a ministra da Saúde.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.