Info

Cavaco pede "reflexão séria" sobre modelo de colocação de professores

| Política
Porto Canal com Lusa

O Presidente da República, Cavaco Silva, defendeu hoje uma "reflexão séria" sobre o modelo de colocação de professores, enfatizando que este não foi o primeiro ano letivo em que houve problemas, já que estes são "recorrentes".

No final da segunda jornada do "Roteiro para uma Economia Dinâmica", Cavaco Silva foi questionado pelos jornalistas sobre se o ministro Nuno Crato tem condições para continuar à frente da educação depois dos problemas com as colocações dos professores, respondendo que só o primeiro-ministro "tem competência para propor a nomeação ou a exoneração dos ministros".

Na opinião do Chefe de Estado, "as coisas não correram bem na colocação dos professores" e apesar de parecer "que está em vias de resolver-se o problema", é preciso "fazer uma reflexão séria sobre o modelo de colocação de professores porque não é a primeira vez que acontecem estas coisas" já que "estes problemas são recorrentes".

"Portanto há alguma coisa que não está bem em Portugal naquilo que diz respeito ao modelo de colocação dos professores", enfatizou.

Segundo Cavaco Silva, apesar de a questão estar em vias de se resolver, "até este momento já houve atrasos nas aulas e portanto os alunos foram prejudicados" e, "por outro lado, alguns professores viveram tempos de angústia, sem saber onde é que iriam trabalhar".

"Como sabem eu vivi em Inglaterra, tive filhos numa escola e os problemas de colocação de professores nunca se colocavam porque penso que havia uma descentralização na colocação de professores e não era tudo resolvido no Ministério da Educação", comparou.

Sobre os problemas na plataforma informática Citius, o Presidente da República afirmou que "estão em vias de resolução", parecendo que "pelo menos comarca a comarca, começa a funcionar praticamente em todas".

+ notícias: Política

Merkel aponta situação em Portugal para criticar descoordenação na UE

A chanceler alemã, Angela Merkel, criticou hoje a falta de regras comuns na União Europeia (UE) relativamente às viagens, dando como exemplo a situação de aumento dos contágios em Portugal, que a seu ver "poderia ter sido evitada".

Ministra da Saúde admite novas medidas para travar evolução da pandemia de Covid-19

O agravamento da situação epidemiológica da covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo pode levar a novas medidas de contenção da pandemia e a um eventual travão no processo de desconfinamento, admitiu hoje a ministra da Saúde.

António Costa reeleito secretário-geral com 94% dos votos 

António Costa foi reeleito no sábado secretário-geral do PS, com 94% dos votos, para um novo mandato de dois anos, de acordo com resultados provisórios divulgados hoje pela Comissão Organizadora do Congresso (COC) do PS.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS