Loulé, Águeda e Pombal são os municípios mais amigos do ambiente

| País
Porto Canal / Agências

Cantanhede, 19 set (Lusa) - Os concelhos de Loulé, Águeda e Pombal foram os municípios mais amigos do ambiente em 2013, de acordo com os resultados, hoje divulgados, do galardão "Município ECOXXI 2014".

O galardão atribuiu 32 bandeiras verdes - equivalente à "bandeira azul" das praias, mas para os municípios mais amigos do ambiente - a igual número de concelhos que em 2013 se distinguiram pelas boas práticas ambientais e do desenvolvimento sustentável.

De acordo com os dados hoje divulgados, em Cantanhede, pela Associação Bandeira Azul da Europa, promotora da iniciativa, Loulé, Águeda e Pombal alcançaram um resultado igual ou superior a 80 por cento no total dos 21 indicadores e 65 sub-indicadores considerados na avaliação de uma comissão nacional onde estão representadas mais de 30 instituições.

Estes avaliam, por exemplo, a promoção da educação ambiental, a participação pública e a agenda 21 local, informação disponível aos munícipes, certificação em sistemas de gestão de qualidade, o emprego, o ordenamento do território, qualidade do ar e da água, para consumo humano, tratamento dos resíduos urbanos e mobilidade sustentável, entre outros.

O resultado da avaliação de cada um destes índices resulta em um índice global percentual de políticas de sustentabilidade, sendo atribuída uma bandeira a todos os municípios que obtiverem um índice global superior a 50%.

"O EcoXXI revelou-se como um ótimo instrumento de medida da sustentabilidade e de modelos de tomadas de decisão para os municípios. Quem investiu nestas áreas teve bom retorno, económico, social e ambiental", disse hoje José Archer, presidente da Associação Bandeira Azul da Europa, na sessão de atribuição do galardão.

Para além de Loulé, Águeda e Pombal, o galardão distinguiu ainda Torres Vedras, Vila Nova de Gaia, Cascais, Leiria, Santo Tirso, Maia e Estarreja (índices acima de 70 por cento), Mealhada, Lagos, Avis, Cantanhede, Albufeira, Oeiras, Lousã, Tavira, Caminha e Amadora com percentagens maior ou iguais que 60 por cento, e Sesimbra, Fundão, Vila Franca de Xira, Viana do Castelo, Macedo de Cavaleiros, Lajes do Pico, Aljezur, Bragança, Manteigas, Arouca, Póvoa do Varzim e São Roque do Pico com um resultado igual ou superior a 50 por cento.

Abaixo daquele valor, o único município dos 33 candidatos que não lhe viu ser atribuída a bandeira verde foi Vila Real de Santo António.

JLS (RCS) // SSS

Lusa/fim

+ notícias: País

Rui Moreira: "Não tenho nenhum otimismo relativamente ao aeroporto de Lisboa"

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, manifestou-se esta quarta-feira "nada otimista" acerca da construção do novo aeroporto de Lisboa, considerando que o Campo de Tiro de Alcochete não é a melhor localização para a infraestrutura.

Portugal compra dois aviões para evitar fogos como os de 2017 com apoio de Bruxelas

A Comissão Europeia espera que os dois aviões de combate a incêndios que Portugal vai hoje formalmente adquirir, por 100 milhões de euros em verbas comunitárias, permita reforçar a frota e evitar fogos florestais como os de 2017.

Desagregação de freguesias. Deputados dizem até setembro se novo mapa autárquico vai estar pronto para eleições de 2025

O grupo de trabalho (GT) parlamentar para as freguesias estabeleceu o compromisso de divulgar até ao fim de setembro se existem condições para que os processos de desagregação destas autarquias sejam concluídos a tempo das eleições autárquicas de 2025.