Chuva persistente deixa distritos do Norte sob aviso amarelo

Chuva persistente deixa distritos do Norte sob aviso amarelo
| Norte
Porto Canal/Agências

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou de três para seis os distritos esta segunda-feira sob aviso amarelo devido à previsão de precipitação persistente e por vezes forte.

Além do Porto, Viana do Castelo e Braga, que já estavam a amarelo, o IPMA emitiu num novo comunicado com avisos de precipitação para os distritos de Viseu, Vila Real e Aveiro entre as 15h00 e as 21h00 desta segunda-feira.

O aviso amarelo, o menos grave de uma escala de três, é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para esta segunda-feira no continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva no Norte e Centro, que poderá ser por vezes forte, em especial no Minho e Douro Litoral, a partir da tarde, vento fraco a moderado, sendo forte nas terras altas, e pequena subida da temperatura mínima.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 11 graus Celsius (na Guarda) e os 17 (em Faro) e as máximas entre os 19 graus (em Viana do Castelo) e os 29 (em Beja).

+ notícias: Norte

Proprietário de casa que tem obra de Bordalo II em Viseu exige que Câmara pague os danos

O proprietário de uma casa que tem na sua fachada uma obra de Bordalo II exigiu esta quinta-feira à Câmara de Viseu a reparação de danos que alegou terem sido provocados pela forma como foi colocada a instalação artística.

Braga divulga programação completa para Noite Branca

Pedro Abrunhosa, Carminho e Bárbara Bandeira são alguns dos nomes do cartaz da edição 2024 da Noite Branca de Braga, que vai decorrer de 6 a 8 de setembro, com seis palcos espalhados pela cidade, anunciou o município.

Eduardo Vítor e Câmara de Gaia absolvidos pelo Tribunal de Contas

A Câmara de Gaia e o seu presidente, Eduardo Vítor Rodrigues, foram absolvidos pelo Tribunal de Contas (TdC) em vários processos relativos a contas do município entre 2016 e 2022, divulgou esta quinta-feira a autarquia.