Black Friday? Associação Zero apela à plantação de árvores contra consumo excessivo

Black Friday? Associação Zero apela à plantação de árvores contra consumo excessivo
Câmara Municipal do Porto
| País
Porto Canal / Agências

A associação ambientalista Zero apelou esta terça-feira à plantação de árvores e arbustos na 'Black Friday', em alternativa ao consumo excessivo, promovendo a adoção de práticas sustentáveis para minimizar os impactos da crise climática.

A iniciativa procura aumentar a consciencialização para os perigos do consumismo, nomeadamente o consumo por impulso e o desperdício, que segundo a associação estão na base de uma economia assente na utilização ilimitada de recursos naturais, pondo em causa a sustentabilidade ambiental.

Para diminuir estes problemas, e em antecipação ao Dia da Floresta Autóctone (assinalado a 23 de novembro), a Zero incentiva a plantação de árvores e arbustos autóctones (originários do território português) numa área da Mata Nacional de Leiria afetada pelos incêndios de 2017, numa campanha que terminará a 6 de janeiro.

Através da plantação de espécies bioindicadoras dos habitats e de plantas como a aroeira Pistacia lentiscus), o sanguinho (Rhamnus alaternus), o folhado (Viburnum tinus) e o aderno-de-folhas-estreitas (Phillyrea angustifolia), segundo a associação ambiental, será possível restaurar dois habitats naturais de conservação prioritária, o zimbral dunar e o faial-medronhal.

A Zero salienta que a plantação de árvores deve estar aliada a boas práticas sustentáveis e a uma mudança no estilo de vida e nos padrões de consumo, apelando à reflexão antes de qualquer compra e à responsabilidade individual para resistir às promoções de artigos.

Sugere a compra de produtos locais, em segunda mão e com certificações, por exemplo com o rótulo ecológico europeu, e a reparação de equipamentos eletrónicos danificados, de modo a garantir a sua durabilidade e sustentabilidade.

A Zero apela ainda à aquisição de experiências em alternativa a coisas, afirmando que visitar um museu, comprar bilhetes para o teatro, colecionar experiências na natureza ou até mesmo apoiar causas são boas formas de contribuir para a preservação do ambiente.

+ notícias: País

Proteção Civil alerta para inundações e deslizamento de terras devido à chuva

A Proteção Civil alertou esta quarta-feira para a possibilidade de inundações, deslizamento de terras e piso escorregadio devido às previsões de chuva, vento e queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

Nova imagem do Governo custou 74 mil euros

No Governo, as mudanças não se focam só a nível interno. Recentemente, o Governo reformulou a sua imagem institucional e o símbolo que o representa nas plataformas e documentos oficiais.

Governo gasta 74 mil euros para atualizar imagem oficial

No Governo, as mudanças não se focam só a nível interno. Recentemente, o Governo reformulou a sua imagem institucional e o símbolo que o representa nas plataformas e documentos oficiais.