Info

Turismo de Portugal não vai conceder apoio financeiro ao Rali de Portugal em 2015

| Economia
Fonte: Agência Lusa

Redação, 24 jul (Lusa) -- O Ministério da Economia anunciou hoje que o Turismo de Portugal não vai apoiar financeiramente a edição de 2015 do Rali de Portugal nem a prova de WTCC, a realizar-se no Porto.

"A decisão de não concessão de apoio financeiro está alinhada com a estratégia de promoção definida para o destino Portugal, que passou a focar-se na comercialização, nomeadamente através da captação de rotas aéreas e de parcerias com operadores turísticos, e na adaptação da promoção externa ao 'marketing' digital, e que tem vindo a ser implementada nos últimos anos com resultados que todos consideram indiscutíveis", refere o ministério em comunicado.

O presidente do Turismo de Portugal, João Cotrim de Figueiredo, afirmou, em declarações por escrito, que "embora reconhecendo o mérito desportivo e a qualidade do evento, uma análise do interesse em termos de promoção internacional do destino, permitiu-nos concluir que o retorno do ponto de vista turístico é superior noutras atividades de promoção que temos vindo a desenvolver, nomeadamente, o 'marketing' digital, os acordos com operadores turísticos e o apoio à captação de linhas aéreas".

Cotrim de Figueiredo justificou ainda a decisão com os resultados que o setor tem registado nos últimos anos, com um crescimento de 11% da procura externa até maio, que "não são independentes das opções estratégicas".

Já este mês o Automóvel Clube de Portugal, entidade organizadora do Rali da Portugal, disse que a prova de 2015 vai realizar-se unicamente a norte do Rio Douro, com um custo total de 3,8 milhões de euros.

TDI (CYP)// ATR

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Governo aponta para aumento de mais oito mil estudantes bolseiros no superior

O valor das bolsas dos alunos do ensino superior aumentou e deverá haver mais oito mil bolseiros do que no ano passado, porque as regras são mais abrangentes e o processo está simplificado, anunciou a tutela.

Portugal no 'top' 20 dos maiores produtores mundiais de calçado

Portugal surge no 'top' 20 dos maiores produtores de calçado, um "grupo restrito" onde, da Europa apenas constam mais Itália e Espanha, num setor em que 87,4% da produção mundial vem da Ásia, respondendo a China por 55,5%.

Norte de Portugal e Galiza querem apoios comunitários investidos nas PME

Presidentes de câmara da Galiza e Norte de Portugal defenderam hoje, por unanimidade, que os fundos comunitários disponibilizados para a recuperação da crise pandémica devem ser aplicados nos setores produtivos da eurorregião.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.