Montenegro acusa PS de ser “guloso nos impostos, mas muito forreta nos apoios sociais”

Montenegro acusa PS de ser “guloso nos impostos, mas muito forreta nos apoios sociais”
| Política
Porto Canal/Agências

O presidente do PSD criticou este sábado o Governo por ser “guloso nos impostos, mas muito forreta nos apoios sociais” e exortou a comunidade portuguesa a viver no Luxemburgo para ajudar a captar investimento para o Portugal.

“Como sabem, nós vivemos um tempo em que Portugal está a empobrecer com as políticas socialistas. Temos um Governo guloso nos impostos, mas muito forreta nos apoios sociais. Temos de mudar isso”, sustentou Luís Montenegro, durante uma intervenção no congresso do Partido Popular Social Cristão (CSV), em Ettelbruck, no Luxemburgo.

Os portugueses são a maior comunidade estrangeira do Luxemburgo. Em 2021 havia mais de 93.000 cidadãos portugueses no país, o que representa cerca de 30% da população total.

Luís Montenegro dirigiu-se à comunidade portuguesa presente no evento e pediu a captação de mais investimento para Portugal: “Precisa muito da ajuda de todos vós, aqueles que aqui vivem no Luxemburgo, que possam investir em Portugal ou que possam levar investidores”.

O Luxemburgo tem este ano duas eleições, as locais, no dia 11 de junho, e as legislativas, em 08 de outubro. Nas listas do CSV ao primeiro ato eleitoral há portugueses e o líder social-democrata deixou uma palavra para o partido que pertence à mesma família política europeia, o Partido Popular Europeu (PPE).

“A participação dos portugueses nos órgãos políticos locais aqui no Luxemburgo é também uma forma não só de contribuir para integrar melhor aqueles que aqui vivem, mas para servir os interesses de Portugal.”

Luís Montenegro está esta semana a visitar as comunidades portugueses espalhadas pela Bélgica, França, Luxemburgo, Alemanha e Suíça, no âmbito da iniciativa “Sentir Portugal”.

Depois da participação no congresso deste sábado, o presidente do PSD ruma a Paris, onde vai reunir-se com as estruturas locais do partido, a comunidade nacional naquela cidade e empresários.

+ notícias: Política

Ser deputado não inscrito não é opção. Pinto Moreira continua na bancada do PSD

Joaquim Pinto Moreira regressou, esta semana, ao Parlamento. Apesar de Luís Montenegro, presidente do PSD, ter retirado a sua confiança política, Joaquim Pinto Moreira afirma que irá manter-se na bancada parlamentar do partido e não coloca como opção passar a deputado não inscrito.

TAP. Costa afirma que ação do SIS não envolveu autorização sua nem de Mendonça Mendes

O primeiro-ministro afirma que a ação do SIS na recuperação de um computador levado do Ministério das Infraestruturas não envolveu qualquer autorização sua nem resultou de sugestão do seu secretário de Estado Adjunto, Mendonça Mendes.

António Costa responde que SIS se articulou com PJ para preservar integridade de documentos

O primeiro-ministro afirma que teve conhecimento de que o SIS se articulou com a PJ para preservar a integridade de documentos classificados contidos no computador levado por Frederico Pinheiro do Ministério das infraestruturas.