La Vie vai fechar. Qual será o destino do centro comercial portuense?

La Vie vai fechar. Qual será o destino do centro comercial portuense?
| Norte
Porto Canal

Depois do encerramento de várias lojas, desta vez será o ginásio, situado no último piso do Centro Comercial La Vie, a fechar portas, no dia 28 de fevereiro. Através de um email enviado aos sócios do clube, o ginásio Holmes Place indica que o contrato de arrendamento “foi terminado” devido à venda do centro comercial. A administração do ginásio refere ainda, na nota enviada esta quarta-feira, que depois de “várias tentativas de negociação e pressão para permanecer no mesmo espaço, o novo proprietário não pretende dar continuidade ao contrato de arrendamento onde está localizado o clube”.

O encerramento das lojas do shopping La Vie têm acontecido a conta gotas, nos últimos meses. A cadeia desportiva Decathlon encerrou permanentemente a 1 de janeiro, três meses depois do fecho do Mercado Temporário do Bolhão. Antes, já tinham encerrado as marcas Radio Popular, Minipreço e a Lameirinhos.

O Centro Comercial La Vie, situado na Rua de Fernandes Tomás, no Porto, está em processo de venda. Por esclarecer está ainda quem será o novo proprietário do espaço e qual o destino a dar ao edifício. O Porto Canal contactou a Caixa Geral de Depósitos, atual proprietária do imóvel, que não respondeu em tempo útil. Quanto à empresa Widerproperty, que trata da gestão do shopping, nada quis acrescentar sobre o futuro do centro comercial.

Em cima da mesa poderá estar a conversão do Centro Comercial La Vie num hotel ou num espaço para escritórios.

+ notícias: Norte

Escolhem o Porto para trabalhar. Há quatro mil nómadas digitais na Invicta

Um computador portátil e bom acesso à internet bastam para que os nómadas digitais se instalem em qualquer parte do mundo. Contudo, a boa reputação da cidade a nível internacional, o bom tempo e o custo de vida acessível têm servido de chamariz para várias pessoas que trabalham remotamente.

“Ligação Braga-Guimarães caminha a passos largos para ser o aeroporto de Lisboa do Norte”, afirma Ricardo Rio

O Presidente da Câmara de Braga foi, esta quinta-feira, convidado da Manhã Informativa do Porto Canal.

Siaco declarada insolvente. Trabalhadores passam a ter direito a fundo de desemprego

A fábrica Siaco, produtora de calçado, em São João da Madeira, que fechou portas esta segunda-feira e deixou mais de uma centena de trabalhadores sem emprego, já foi declarada insolvente pelo Tribunal de Oliveira de Azeméis.