Município de Braga organiza o primeiro ‘Braga Sports Summit’ nos dias 17 e 18 de fevereiro

Município de Braga organiza o primeiro ‘Braga Sports Summit’ nos dias 17 e 18 de fevereiro
| Norte
Porto Canal

Nos dias 17 e 18 de Fevereiro, o Altice Forum Braga recebe o ‘Braga Sports Summit’, evento irá reunir várias personalidades das diversas áreas do Desporto e da Saúde para discutir o futuro de ambas as áreas.

Os palestrantes irão partilhar as suas visões e experiências sobre o desporto e a sua relação com a sociedade, negócios e tecnologia. Temas como a inclusão e diversidade no desporto, o papel do desporto na saúde mental e física, a importância do desporto para o desenvolvimento económico e social, e como a tecnologia está a mudar a forma como as pessoas consomem desporto serão alguns dos temas a debater.

O evento contará também com painéis e sessões de perguntas e respostas com especialistas de diferentes áreas, como atletas profissionais, treinadores, gestores desportivos, investidores e representantes de organizações, clubes e associações.

O ‘Braga Sports Summit’ será uma oportunidade para que os participantes partilhem as suas perspectivas e "colaborem para a construção de um futuro melhor para o desporto e para a sociedade como um todo", realça a autarquia na sua página oficial.

+ notícias: Norte

Escolhem o Porto para trabalhar. Há quatro mil nómadas digitais na Invicta

Um computador portátil e bom acesso à internet bastam para que os nómadas digitais se instalem em qualquer parte do mundo. Contudo, a boa reputação da cidade a nível internacional, o bom tempo e o custo de vida acessível têm servido de chamariz para várias pessoas que trabalham remotamente.

“Ligação Braga-Guimarães caminha a passos largos para ser o aeroporto de Lisboa do Norte”, afirma Ricardo Rio

O Presidente da Câmara de Braga foi, esta quinta-feira, convidado da Manhã Informativa do Porto Canal.

Siaco declarada insolvente. Trabalhadores passam a ter direito a fundo de desemprego

A fábrica Siaco, produtora de calçado, em São João da Madeira, que fechou portas esta segunda-feira e deixou mais de uma centena de trabalhadores sem emprego, já foi declarada insolvente pelo Tribunal de Oliveira de Azeméis.