Operação policial em curso. Polícia Municipal inicia limpeza de acampamento da Pasteleira

Operação policial em curso. Polícia Municipal inicia limpeza de acampamento da Pasteleira
| Porto
Porto Canal

A Polícia Municipal vai avançar esta sexta-feira com uma operação de limpeza de grandes dimensões do acampamento localizado na zona da Pasteleira, no Porto. Atualmente, este bairro é um foco de grande insegurança, visto que está associado ao consumo e tráfico de droga.

Segundo informações avançadas ao Porto Canal, a operação terá início a partir das 15h30.

Por volta das 16h30, o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, fará uma declaração à imprensa local.

Recorde-se que no ano de 2022, a PSP do Porto fez 1700 operações nos bairros de Pinheiro Torres e Pasteleira, detendo 405 pessoas e apreendendo 40 mil doses de estupefaciente e 45 mil euros. Estes números foram divulgados esta quinta-feira pelo Comissário Eduardo Silva, à margem de mais uma operação de visibilidade e prevenção criminal no Bairro da Pasteleira.

+ notícias: Porto

Porto. Incêndio consome prédio e provoca 13 desalojados

Uma pessoa sofreu ferimentos ligeiros e 13 ficaram desalojadas na sequência de um incêndio na madrugada desta quinta-feira num prédio de três pisos na Rua de São Sebastião, no Porto, disse à Lusa fonte da proteção civil.

Antestreia de documentário sobre Vera Mantero e o seu questionamento na dança em Serralves

A realizadora Cristina Ferreira Gomes acompanhou o processo criativo da coreógrafa Vera Mantero, feito de “pesquisa constante e questionamento incessante”, e o resultado é um documentário que terá antestreia na sexta-feira, em Serralves, no Porto.

Porto. Fonte dos Leões renasce depois de intervenção profunda

A Fonte dos Leões, no Porto, renasceu depois de uma profunda intervenção. Segundo comunicado da Câmara Municipal do Porto, a “emblemática fonte portuense” dispões “de novos sistemas ao nível hídrico e energético que promovem a sustentabilidade, reduzem perdas de água e apostam em iluminação de baixo consumo”.