Nómadas digitais vão poder viver no Porto por 500 euros por mês

Nómadas digitais vão poder viver no Porto por 500 euros por mês
| Norte
Porto Canal

São 71 quartos que estarão disponíveis para nómadas digitais. O empreendimento fica junto ao pólo universitário e inclui ginásio e um espaço de coworking.

A resposta de habitação foi criada exclusivamente para nómadas digitais, pessoas que viajam de país em país e que trabalham remotamente em áreas digitais. O edifício fica localizado junto ao pólo universitário, na Rua do Carriçal. 

A empresa que desenvolveu o projeto justifica a aposta com “a resposta às tendências de mercado e à crescente chegada de nómadas digitais a Portugal”. A empresa refere ainda, em comunicado, que Portugal, pelas suas condições naturais e incentivos governamentais, tem-se posicionado como um dos destinos mais atrativos para os nómadas digitais”.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

Em Portugal, a revisão da Lei dos Estrangeiros, aplicada no final de outubro de 2022, tornou possível a permanência de nómadas digitais no país. O visto de residência permite aos estrangeiros ficar durante um ano em Portugal, a trabalhar remotamente para uma empresa com domicílio ou sede fora do território nacional. Esta revisão irá facilitar a chegada de nómadas digitais a Portugal e, especificamente, à cidade do Porto que cresce todos os anos em termos de turismo.

A resposta de habitação da VALEO Group, empresa presente nos Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Espanha, Portugal e Suécia vai criar quartos em três tipologias distintas. Face à duração do contrato, os valores poderão variar entre os 500 e os 900 euros por mês.

+ notícias: Norte

Proprietário de casa que tem obra de Bordalo II em Viseu exige que Câmara pague os danos

O proprietário de uma casa que tem na sua fachada uma obra de Bordalo II exigiu esta quinta-feira à Câmara de Viseu a reparação de danos que alegou terem sido provocados pela forma como foi colocada a instalação artística.

Braga divulga programação completa para Noite Branca

Pedro Abrunhosa, Carminho e Bárbara Bandeira são alguns dos nomes do cartaz da edição 2024 da Noite Branca de Braga, que vai decorrer de 6 a 8 de setembro, com seis palcos espalhados pela cidade, anunciou o município.

Eduardo Vítor e Câmara de Gaia absolvidos pelo Tribunal de Contas

A Câmara de Gaia e o seu presidente, Eduardo Vítor Rodrigues, foram absolvidos pelo Tribunal de Contas (TdC) em vários processos relativos a contas do município entre 2016 e 2022, divulgou esta quinta-feira a autarquia.