Cristiano Ronaldo após (nova) polémica: "Um grupo demasiado unido para ser quebrado por forças externas"

Cristiano Ronaldo após (nova) polémica: "Um grupo demasiado unido para ser quebrado por forças externas"
| Mundial 2022
Porto Canal

Cristiano Ronaldo recorreu, esta quinta-feira, às redes sociais para deixar uma mensagem de união antes do jogo dos quartos de final do Mundial'2022 entre Portugal e Marrocos. O capitão considerou a equipa das 'quinas' "um grupo demasiado unido para ser quebrado por forças externas", num momento em que o avançado se vê envolvido em nova polémica. 

Fernando Santos admitiu que ficou insatisfeito com a atitude de Ronaldo que, recorde-se, ao ser substituído diante da Coreia do Sul, afirmou na direção do banco "estás com uma pressa do c... para me tirar, f..."

A polémica adensou-se pelo facto de o avançado, de 37 anos, ter ficado de fora dos titulares da equipa das “quinas”, diante da Suíça. 

Titular nas três partidas anteriores realizadas por Portugal no Qatar, nas quais foi sempre substituído durante a segunda parte, Cristiano Ronaldo já não falhava um jogo a 'contar' de uma grande competição internacional de seleções desde o Euro 2004, numa altura em que está sem clube, após ter rescindido contrato com os ingleses do Manchester United.

Agora, na mensagem publicada no Instagram, o capitão defendeu estar perante "uma nação demasiado corajosa para se deixar atemorizar perante qualquer adversário" e que esta é "uma equipa no verdadeiro sentido da palavra, que vai lutar pelo sonho até ao fim". "Acreditem connosco! Força, Portugal!", concluiu.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Cristiano Ronaldo (@cristiano)

+ notícias: Mundial 2022

Mundial2022: Dinamarca 'troca' golos por dinheiro para apoiar trabalhadores migrantes no Qatar

Os golos marcados em novembro na Dinamarca, desde os escalões amadores até ao campeonato principal, vão gerar uma verba para ajudar os trabalhadores migrantes no Qatar, anunciou esta segunda-feira a Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU).

Qatar vai pagar a "espiões" para elogiarem o Mundial?

A questão é feita pelo jornal inglês "The Times", que na edição desta sexta-feira afirma que 40 adeptos ingleses foram escolhidos para integrar um grupo de 400 pessoas, oriundas de 60 países, com o objetivo de "limpar" a já negra imagem do Mundial de Futebol de 2022.

Mundial2022: FPF subscreve declaração com outras nove federações europeias sobre o Qatar 

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) subscreveu, com outras nove federações europeias, uma declaração em que reconhece que o Qatar trá feito progressos no que diz respeito aos direitos dos trabalhadores migrantes, revela a FPF em comunicado.