Mais um ataque de drones na Rússia. Desta vez alvo foi o aeródromo de Kursk

Mais um ataque de drones na Rússia. Desta vez alvo foi o aeródromo de Kursk
| Mundo
Joana Almeida Carvalho

A Rússia diz que interceptou um novo ataque, agora no aeródromo de Kursk, que fica a 90 km da fronteiras com a Ucrânia. Foram ainda registados novos bombardeamentos russos na região de Zaporíjia.

O incêndio que deflagrou depois do bombardeamento desta madrugada, já foi contido e não há vítimas a registar.

“Como resultado de um ataque de drone na área do aeródromo de Kursk, um tanque de armazenamento de petróleo pegou fogo. Não houve vítimas. O fogo está a ser contido. Todos os serviços especiais estão no local", disse o governador Roman Starovoyt.

O governo ucraniano ainda não reivindicou o ataque.

+ notícias: Mundo

Comité Olímpico apoia a reintegração de atletas russos e bielorrussos

O presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP) manifestou-se esta sexta-feira favorável à reintegração dos atletas russos e bielorrussos nas competições internacionais, de acordo com a orientação assumida pelo Comité Olímpico Internacional (COI), que deseja "explorar" vias para o fazer.

Kremlin diz que envio de tanques é "envolvimento direto"

O Kremlin diz que o envio de tanques é um "envolvimento direto" na guerra entre a Rússia e a Ucrânia. O aviso de Moscovo chega numa altura em que a Alemanha e os Estados Unidos anunciaram que vão enviar tanques para apoiar a Ucrânia. 

Incêndio destrói igreja histórica nos arredores de Londres 

Um incêndio de grandes dimensões destruiu a igreja histórica de St. Mark's, nos arredores de Londres, esta quinta-feira à noite.