Proteção Civil regista 23 ocorrências por mau tempo

Proteção Civil regista 23 ocorrências por mau tempo
| País
Porto Canal/Agências

A Proteção Civil registou este domingo um total de 23 ocorrências, 16 delas no distrito de Faro, relacionadas com o mau tempo.

De acordo com fonte da Proteção Civil, as ocorrências registadas cerca das 23:00 são “sobretudo pequenas inundações e danos na via pública”, na sequência dos períodos de chuva que aumentaram ao fim da tarde na região sul do país.

A Proteção Civil tinha emitido a meio da tarde de domingo um aviso à população, válido até esta segunda-feira, com previsões de precipitação e vento no sul do país, alertando para a possibilidade de inundações em zonas urbanas, cheias e deslizamentos de terras.

Para hoje, as previsões são de “períodos de chuva ou aguaceiros, mais frequentes e intensos na região Sul, com possibilidade de ocorrência de trovoada” e “vento fraco a moderado (até 30 km/h) do quadrante leste, sendo moderado a forte (30 a 40 km/h) do quadrante sul na região Sul até ao meio tarde, e nas terras altas, com rajadas até 70 km/h”.

“Salientam-se as condições para a ocorrência de precipitação mais intensa, com acumulação entre 10 a 20 mm/1h, sendo o período mais crítico entre as 00:00 e as 15:00 do dia 05 de dezembro, nos distritos de Faro e Beja, assim como a possibilidade da ocorrência de fenómenos extremos de vento”, alertou a Proteção Civil.

Face às previsões, a Proteção Civil avisa que podem acontecer inundações em zonas urbanas, por acumulação de água da chuva quando houver obstrução dos sistemas de escoamento, cheias por transbordo de cursos de água, deslizamentos de terras por “instabilidade de vertentes” que podem ser potenciados pelos efeitos de incêndios florestais, arrastamento para as estradas de objetos soltos, desprendimento de estruturas móveis e formação de lençóis de água.

A Proteção Civil recomenda a desobstrução de sistemas de escoamento, fixar estruturas soltas, ter particular atenção à circulação em zonas com árvores, pela possibilidade de queda e quebra de ramos, especial cuidado junto a zonas ribeirinhas, adotar uma condução defensiva e não atravessar zonas inundadas.

+ notícias: País

Ex-acionista David Neeleman terá comprado a TAP com montante financiado pela própria companhia

O caso está a ser investigado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal que abriu esta semana um inquérito. David Neeleman, ex-acionista da TAP, terá sido financiado pela própria companhia para controlar a TAP. Segundo avança o jornal ECO, a análise legal sustenta que Neeleman garantiu a compra da companhia aérea portuguesa com dinheiro cedido pela Airbus, a troco da compra de aviões.

"Não há qualquer comboio a circular neste momento". Greve dos maquinistas da CP com adesão total até às 7h

A adesão à greve dos maquinistas da CP - Comboios de Portugal está a ser total, tendo sido suprimidas todas as ligações previstas até às 6h, segundo fontes do sindicato e da empresa.

PSP alerta para burlas em seu nome 

A PSP alerta para a existência de burlas em que são utilizados os nomes de forças de segurança como a própria Polícia de Segurança Pública.