Juro médio dos novos créditos à habitação registam maior subida mensal desde 2003

Juro médio dos novos créditos à habitação registam maior subida mensal desde 2003
| Economia
Porto Canal / Agências

A taxa de juro média dos novos empréstimos à habitação aumentou para 2,86% em outubro, contra 2,23% em setembro, o valor mais alto desde janeiro de 2015 e a maior subida mensal em 19 anos, divulgou hoje o BdP.

“Trata-se da maior subida mensal desde o início da série estatística, em 2003”, salienta o Banco de Portugal (BdP), explicando que “esta evolução acompanha a subida das taxas médias da Euribor”.

De acordo com o banco central, a taxa de juro média dos novos empréstimos para primeira habitação foi de 2,6% nos empréstimos a taxa variável e de 4,1% nos empréstimos a taxa fixa.

+ notícias: Economia

Portugueses ainda poupam a comprar em Espanha mas diferença de preço é menor

Os preços mais atrativos continuam a levar portugueses a atravessar a fronteira para fazer compras em supermercados espanhóis, mas a diferença tem-se esbatido e é sentida apenas em alguns produtos, como os de higiene ou detergentes, disseram à Lusa vários consumidores.

Combustíveis. Redução da carga fiscal atinge 35,9 cêntimos no gasóleo e 34,8 na gasolina

A redução da carga fiscal sobre os combustíveis, em fevereiro, atinge 35,9 cêntimos por litro de gasóleo e 34,8 cêntimos no caso da gasolina, indicou o Ministério das Finanças.

Bruxelas elogia cortes "permanentes de despesa" anunciados pelo Governo

A Comissão Europeia saudou hoje o facto de as medidas anunciadas pelo primeiro-ministro se basearem em "reduções permanentes de despesa" e destacou a importância de existir um "forte compromisso" do Governo na concretização do programa de ajustamento.