Centro de alojamento temporário da Cruz Vermelha em Braga mantém-se a funcionar

| Norte
Porto Canal

Depois das ameaças de encerramento, o centro de alojamento temporário da Cruz Vermelha de Braga vai continuar operações.

A decisão saiu de uma reunião com o Instituto da Segurança Social visto que em causa estavam prejuízos anuais na ordem dos 50 mil euros.

O centro Dr. Francisco Alvim apoia cerca de 50 sem-abrigo sem qualquer retaguarda familiar. Em 2021 acolheu 89 pessoas e dessas 18 foram reintegradas no mercado de trabalho. Em declarações ao Porto Canal, David Rodrigues, da direção da delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa, realça que com o aumento da inflação e a situação dos sem-abrigo a agravar-se, os pedidos de ajuda têm aumentado nos últimos meses.

O centro de alojamento temporário de Braga abriu portas há 23 anos.

+ notícias: Norte

Presidente da Câmara de Vila Real critica a distribuição dos fundos comunitários

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, confirmou na passada quarta-feira que as propostas de criação de duas novas NUT II já foram aprovadas por Bruxelas. Rui Santos, em declarações ao Porto Canal, criticou a criação das NUTs, que segundo o autarca falharam ao não olhar para o país em geral.

Crescimento da procura no metro do Porto potenciada pela linha amarela

Em 2022, o metro do Porto ultrapassou as 65 milhões de validações. O ano passado foi o segundo melhor de sempre em termos de procura, uma vez que foram registadas menos 8,9% das validações, face ao melhor ano (2019).

Vila Nova de Gaia. Lançado plano para a Igualdade para "diminuir fosso entre homens e mulheres"

O Plano Municipal para a Igualdade de Vila Nova de Gaia, que visa “diminuir o fosso entre homens e mulheres”, inclui dezenas de medidas dirigidas aos recursos humanos da autarquia, à comunidade e a entidades locais.