Mundial’2022: México vence Arábia Saudita, mas diz adeus ao Catar

Mundial’2022: México vence Arábia Saudita, mas diz adeus ao Catar
| Mundial 2022
Porto Canal

O México, que não vencia há três jogos, bateu por 2-1 a Arábia Saudita na última jornada do grupo C, contudo fica pelo caminho no desempate dos golos.

Numa partida de estreias, o primeiro golo foi apontado aos 47 minutos por Henry Martin, que se estreou a marcar em fases finais de seleções. Já Luis Chávez aumentou o marcador, através de um livre, aos 52 minutos, neste que foi o primeiro golo ao serviço dos ‘Aztecas’.

Os mexicanos ainda acreditavam e estavam superiores na fase final do jogo, na tentativa de fazer o terceiro golo e dessa forma garantir o apuramento, já que com o 2-0 estariam de fora visto que a Polónia tinha vantagem devido ao setor disciplinar, mas a Arábia Saudita fez o 2-1 e destruiu os sonhos do México.

 

Salem al-Dawsari fez o tento aos 90+5 minutos e desfez as dúvidas quanto aos destinos mexicanos.

Antes disso, os ‘aztecas’ ainda fizeram a bola cruzar a linha de golo aos 87 minutos, mas o lance foi invalidade devido a posição irregular.

O México termina o grupo na terceira posição com 4 pontos. A Arábia Saudita fica-se pelo último posto com 3.

+ notícias: Mundial 2022

Mundial2022: Dinamarca 'troca' golos por dinheiro para apoiar trabalhadores migrantes no Qatar

Os golos marcados em novembro na Dinamarca, desde os escalões amadores até ao campeonato principal, vão gerar uma verba para ajudar os trabalhadores migrantes no Qatar, anunciou esta segunda-feira a Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU).

Qatar vai pagar a "espiões" para elogiarem o Mundial?

A questão é feita pelo jornal inglês "The Times", que na edição desta sexta-feira afirma que 40 adeptos ingleses foram escolhidos para integrar um grupo de 400 pessoas, oriundas de 60 países, com o objetivo de "limpar" a já negra imagem do Mundial de Futebol de 2022.

Mundial2022: FPF subscreve declaração com outras nove federações europeias sobre o Qatar 

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) subscreveu, com outras nove federações europeias, uma declaração em que reconhece que o Qatar trá feito progressos no que diz respeito aos direitos dos trabalhadores migrantes, revela a FPF em comunicado.