"O principal foco de todos, de Portugal inteiro, é ganhar, ganhar, ganhar!". André Silva antevê o confronto com a Coreia do Sul

"O principal foco de todos, de Portugal inteiro, é ganhar, ganhar, ganhar!". André Silva antevê o confronto com a Coreia do Sul
| Mundial 2022
Porto Canal

O ex-jogador do FC Porto, que joga atualmente no Leipzig da liga alemã, foi o responsável pela antevisão do jogo com a Coreia do Sul.

O jogo, agendado para esta sexta-feira, às 15h00, marca o derradeiro encontro da fase de grupos.

Quando questionado sobre o principal foco da seleção das quinas poder ser evitar o Brasil, o avançado respondeu que: "O principal foco de todos, de Portugal inteiro, é ganhar, ganha, ganhar. Temos a passagem para os oitavos garantida, mas falta o primeiro lugar. Neste momento não estamos preocupados com os outros grupos. O objetivo é passar em primeiro lugar e dar o máximo para atingir isso."

"Na minha cabeça passa sempre ser titular, preparo-me sempre para estar dentro do campo, como todos os jogadores na Seleção estão preparados e disponíveis, os que não estão lesionados, para jogar a titular. Mas é algo que cabe ao míster, não faço ideia ainda se vai alterar ou não, a mim cabe-me dar o máximo e estar preparado para quando a oportunidade chegar e podem ter a certeza que estou preparado.", acrescentou.

Relativamente a uma pergunta sobre o marcador do primeiro golo frente ao Uruguai, André Silva respondeu que: "No final a FIFA atribuiu ao Bruno Fernandes. Eu, se querem saber... Até podia ter atribuído a mim, todos queremos fazer o melhor por Portugal, queremos marcar claro, mas o mais importante é que o golo foi de Portugal e é isso que o grupo pensa. É irrelevante quem foi, mas a FIFA atribuiu ao Bruno."

O internacional português rematou a sua intervenção com a ideia que a ideia não pode relaxar face a este novo adversário. "Descansados nunca estamos. Estamos numa das maiores competições, se não mesmo a maior a nível Mundial. Às vezes as pessoas esquecem-se que isto é a nível mundial, os jogos são muito complicados, táticos, qualquer erro pode custar caro. Mas claro que nos dá uma segurança maior, mas é pensar jogo a jogo. O nosso primeiro objetivo era passar aos oitavos de final, agora é o primeiro lugar."

+ notícias: Mundial 2022

Mundial2022: Dinamarca 'troca' golos por dinheiro para apoiar trabalhadores migrantes no Qatar

Os golos marcados em novembro na Dinamarca, desde os escalões amadores até ao campeonato principal, vão gerar uma verba para ajudar os trabalhadores migrantes no Qatar, anunciou esta segunda-feira a Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU).

Qatar vai pagar a "espiões" para elogiarem o Mundial?

A questão é feita pelo jornal inglês "The Times", que na edição desta sexta-feira afirma que 40 adeptos ingleses foram escolhidos para integrar um grupo de 400 pessoas, oriundas de 60 países, com o objetivo de "limpar" a já negra imagem do Mundial de Futebol de 2022.

Mundial2022: FPF subscreve declaração com outras nove federações europeias sobre o Qatar 

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) subscreveu, com outras nove federações europeias, uma declaração em que reconhece que o Qatar trá feito progressos no que diz respeito aos direitos dos trabalhadores migrantes, revela a FPF em comunicado.