PS suspeita de que autarquia pode ter responsabilidade na derrocada que vitimou dois jovens em Esposende

| Norte
Porto Canal

Dois jovens de 22 anos morreram, na madrugada desta quarta-feira, em Palmeira de Faro, concelho de Esposende, vítimas de um deslizamento de terra. Os jovens encontravam-se a dormir quando o acidente aconteceu. Agora, o Partido Socialista (PS) de Esposende disse ser quase evidente que houve um erro por parte da autarquia.

Ao Porto Canal, os socialistas suspeitam que esteja em causa o licenciamento de uma casa num plano superior. “Há mais de um ano que as pessoas tinham avisado a Câmara Municipal e o Presidente alega que eram terrenos privados”, disse o PS.

O Porto Canal sabe que, em agosto deste ano, existiram trabalhos de escavação junto à piscina da casa vizinha, “recentemente edificada e situada num plano superior”.

Na altura, a Câmara Municipal disse “que a casa que foi construída num piso superior” foi alvo de um procedimento ilegal, mas através de imagens do Google Earth, “vê-se uma enorme devastação florestal, o que poderá ter estado na causa da derrocada”.

Por isso, o PS de Esposende vai pedir à Procuradoria-Geral da República que junto do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, efetue uma perícia que determine o que efetivamente aconteceu.

O caso continua ainda a ser investigado pela Polícia Judiciária de Braga.

Contactada pelo Porto Canal, a autarquia não quis prestar declarações.

+ notícias: Norte

Crescimento da procura no metro do Porto potenciada pela linha amarela

Em 2022, o metro do Porto ultrapassou as 65 milhões de validações. O ano passado foi o segundo melhor de sempre em termos de procura, uma vez que foram registadas menos 8,9% das validações, face ao melhor ano (2019).

Presidente da Câmara de Vila Real critica a distribuição dos fundos comunitários

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, confirmou na passada quarta-feira que as propostas de criação de duas novas NUT II já foram aprovadas por Bruxelas. Rui Santos, em declarações ao Porto Canal, criticou a criação das NUTs, que segundo o autarca falharam ao não olhar para o país em geral.

Câmara de Aveiro vai contratar mais funcionários para as escolas

A Câmara Municipal de Aveiro decidiu esta quinta-feira contratar mais funcionários para as escolas, face à avaliação das necessidades feita junto dos agrupamentos.