Fafe: Acidente com autocarro escolar provoca 11 feridos, mas crianças só recebem assistência na escola

Fafe: Acidente com autocarro escolar provoca 11 feridos, mas crianças só recebem assistência na escola
Notícias de Fafe
| Norte
Porto Canal

Várias crianças em Fafe, que estiveram envolvidas num acidente só tiveram assistência médica quando chegaram à escola.

O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira quando um autocarro de transporte de crianças bateu num muro de uma casa, o que resultou em vidros partidos, como noticia o Notícias de Fafe. A viatura foi substituída e as crianças foram transportadas para a escola, são alunos da EB 2 3 Padre Joaquim Flores.

Foram assistidas 11 crianças e seis delas transportadas pelos Bombeiros Voluntários de Fafe para o Hospital de Guimarães. O comandante dos bombeiros confirmou ainda ao Porto Canal que houve alguns pais das crianças, que não iriam ser transportadas pelos bombeiros, decidiram levar os filhos ao hospital.

Algumas crianças apresentavam ferimentos ligeiros, no entanto só tiveram assistência quando já estavam na escola. Altura em que foram chamados os Bombeiros de Fafe. No local estiveram quatro viaturas dos bombeiros, também o INEM e a GNR foi chamada para tomar conta da ocorrência.

De acordo com o Notícias de Fafe, os pais mostraram-se revoltados, visto que as crianças não tiveram assistência no momento do acidente.

+ notícias: Norte

Galiza e Portugal, nações irmãs. Causa galega marcha pelas ruas do Porto e Gaia

A iniciativa promovida por um grupo de cidadãos da Galiza passará, este sábado, pelas ruas do Porto e Gaia, naquela que é, segundo a organização, a intenção de "tornar visível a questão galega".

Casa da Arquitetura vai montar exposição com espólio do Metro do Porto

A Casa da Arquitetura pretende mostrar o acervo da Metro do Porto nos próximos três anos, tendo o seu diretor considerado que a implementação deste sistema de transportes, há 20 anos, implicou uma "disseminação positiva" da sua linguagem arquitetónica.

Distrito de Vila Real com 4 mortos e 18 alertas de incêndio urbano desde outubro

No distrito de Vila Real foram contabilizados 18 incêndios urbanos desde o dia 1 de outubro, dos quais resultaram quatro vítimas mortais, dois feridos e dois desalojados, segundo disse o comandante operacional distrital, Miguel Fonseca, esta sexta-feira.