Rússia nos Jogos Olímpicos? Fuga de russos leva Ucrânia a sugerir participação na vertente corrida

Rússia nos Jogos Olímpicos? Fuga de russos leva Ucrânia a sugerir participação na vertente corrida
| Mundo
Porto Canal

A publicação, lançada nas redes sociais pelo Ministério da Defesa ucraniano, está a tornar-se viral.

Nas últimas semanas tem-se assistido a um avançar progressivo das forças ucranianas, recuperando território anteriormente ocupado pelas forças leais ao Kremlin.

A contra-ofensiva das tropas de Volodymyr Zelensky, aliada ao decreto de mobilização parcial assinado por Vladimir Putin, numa tentativa de assegurar mais efetivos para a frente da guerra, provocou um êxodo em massa de russos.

Ao longo das últimas semanas têm-se acumulado relatos de filas de quilómetros de carros a tentar atravessar a fronteira da Rússia com o Cazaquistão, Mongólia, Geórgia e Finlândia.

Num tom trocista, o Ministério da Defesa da Ucrância propôs aos russos a participação na próxima edição dos Jogos Olímpicos. A modalidade sugerida? Corrida.

"Eles estão a correr. O exército russo também está a correr. Talvez estejam a montar a melhor equipa de corrida de todos os tempos para os Jogos Olímpicos? Bem, más notícias… eles ainda fazem exames antidoping por lá", pode ser lido na publicação.

Assista ao vídeo:

 

+ notícias: Mundo

Putin diz que Moscovo continuará a atacar infraestruturas de energia ucranianas

O Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou esta quinta-feira que o seu país vai continuar a atacar infraestruturas de energia ucranianas, cujos ataques já obrigaram Kiev a enormes cortes de energia e água.

Céline Dion diagnosticada com doença neurológica rara e incurável

A cantora canadiana Céline Dion anunciou, esta quinta-feira, que foi recentemente diagnosticada com uma doença neurológica grave e incurável, que afeta cerca de uma pessoa em cada um milhão, síndrome de Moersch-Woltmann - também conhecida como síndrome de pessoa rígida (SPR).

Luis de La Fuente é o novo selecionador espanhol

Horas após a saída do ex-selecionador, Luis Enrique, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), anunciou através de um comunicado no site oficial que Luis de La Fuente é o novo treinador da seleção espanhola.