Taxa de desemprego recua em agosto na zona euro e na UE

Taxa de desemprego recua em agosto na zona euro e na UE
| Economia
Porto Canal / Agências

A taxa de desemprego recuou, em agosto, para os 6,6% na zona euro e os 6,0% na União Europeia (UE), face ao mesmo mês de 2021, divulga esta sexta-feira o Eurostat.

Em agosto de 2021, a taxa de desemprego tinha chegado aos 7,5% nos países da moeda única e aos 6,8% na média da UE, segundo o serviço estatístico europeu.

Na comparação com julho, a taxa de desemprego manteve-se estável em ambas as zonas, havendo um total de 12,921 milhões de desempregados no conjunto dos Estados-membros, dos quais 10,966 milhões na zona euro.

A Espanha (12,4%), Grécia (12,2%) e Chipre (8,6%) apresentaram, em agosto, as maiores taxas de desemprego, com a República Checa (2,4%), Malta (2,9%) e Alemanha (3,0%) a registarem as menores.

Em Portugal, a taxa de desemprego foi, em agosto, de 6,0%, estável face a julho e abaixo da de 6,3% do mês homólogo.

+ notícias: Economia

TAP: Companhia diz que operou os 78 dos 148 voos previstos até às 11h30

A TAP disse esta quinta-feira que operou os 78 voos previstos até às 11h30, num total de 148 programados para o primeiro dia de greve de tripulantes, com um voo de serviços mínimos cancelado por falta de passageiros.

3 mil M€. Iberdrola quer investir em Portugal nos próximos anos

O presidente executivo da Iberdrola anunciou que a empresa quer investir em Portugal, nos próximos anos, três mil milhões de euros, afirmando que gostaria de o fazer ainda durante o mandato do primeiro-ministro, António Costa.

Choque das taxas de juro deverá atingir famílias nos primeiros meses de 2023

O choque das taxas de juro deverá atingir famílias e empresas no primeiro semestre de 2023, com a taxa de juro de referência na zona Euro a chegar ao pico até março, prevê a Allianz Trade, acionista da COSEC.