Protestos no Irão continuam na 12ª noite consecutiva

Protestos no Irão continuam na 12ª noite consecutiva
| Mundo
Porto Canal

Esta terça-feira os iranianos voltaram a sair às ruas em protesto contra a morte da jovem Mahsa Amini. O governo iraniano tem marcado uma posição firme contra os manifestantes mesmo com os vários apelos internacionais para terminar com o usa da força.

A agência de notícias iraniana Fars anunciou esta terça-feira que aproximadamente já morreram 60 pessoas desde o inicio das manifestações.

A organização não-governamental Iran Human Rights afirma que até segunda-feira tinha sido registado "pelo menos 76 mortos", incluindo "seis mulheres e quatro crianças". Segundo o jornal Irna, nos conflitos já morreram 10 policiais

As manifestações por Mahsa Amini que morreu no hospital, três dias depois de ser presa violar um código de vestuário rígido para mulheres têm vindo a dificultar-se. Os ativistas têm alertado que com o bloqueio das ligações à Internet, por parte das autoridades, é cada vez mais difícil transmitir imagens dos acontecimentos.

Vários são os vídeos que têm surgido de mulheres iranianas a tirar o lenço em forma de protesto.

As autoridades iranianas afirmam que esta terça-feira detiveram desde o início do conflito mais de 1.200 pessoas, a maioria no norte do Irão.

Países ocidentais, a ONU e ONG internacionais têm pedido ao Irão para que termine com a repressão.

+ notícias: Mundo

Putin diz que Moscovo continuará a atacar infraestruturas de energia ucranianas

O Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou esta quinta-feira que o seu país vai continuar a atacar infraestruturas de energia ucranianas, cujos ataques já obrigaram Kiev a enormes cortes de energia e água.

Céline Dion diagnosticada com doença neurológica rara e incurável

A cantora canadiana Céline Dion anunciou, esta quinta-feira, que foi recentemente diagnosticada com uma doença neurológica grave e incurável, que afeta cerca de uma pessoa em cada um milhão, síndrome de Moersch-Woltmann - também conhecida como síndrome de pessoa rígida (SPR).

Luis de La Fuente é o novo selecionador espanhol

Horas após a saída do ex-selecionador, Luis Enrique, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), anunciou através de um comunicado no site oficial que Luis de La Fuente é o novo treinador da seleção espanhola.