"Pela primeira vez Ronaldo precisa de apoio e muitos viram costas". Carlos Carvalhal defende CR7 e fala em "ingratidão"

"Pela primeira vez Ronaldo precisa de apoio e muitos viram costas". Carlos Carvalhal defende CR7 e fala em "ingratidão"
| Desporto
Porto Canal

Carlos Carvalhal recorreu, esta terça-feira, às redes sociais para sair em defesa de Cristiano Ronaldo, que tem vindo a ser alvo de críticas pelo início de temporada menos fulgurante. O técnico português acredita que há "ingratidão" na forma como o capitão da seleção nacional tem sido tratado recentemente.

Numa publicação no Twitter, Carvalhal, agora ao serviço do Al-Wahda, lamenta que "muitos virem as costas" num momento em que o capitão da seleção precisa de apoio "pela primeira vez".

"Ingratidão. Um dos melhores jogadores de todos os tempos, que sempre jogou com orgulho pela nossa seleção, no momento em que, se calhar pela primeira vez, precisa de apoio... Muitos viram as costas e só o criticam", começou por escrever o treinador, que, no final da passada temporada, deixou o Sporting de Braga pelo conjunto do Médio Oriente. 

"Quem sabe, hoje não coram de vergonha... Força, Portugal. Força, CR7", acrescentou, no dia em que a Seleção das Quinas joga a cartada decisiva no apuramento para a final four da Liga das Nações, diante da Espanha. O palco do encontro será o Estádio Municipal de Braga. 

Ronaldo viveu um verão atribulado, sendo, constantemente, apontado à saída do Manchester United. A indecisão e o impasse atrasou o início de pré-temporada do craque luso, tendo perdido a temporada neste início de época. 

Na seleção, Crstiaano Ronaldo foi titular e somou os 90 minutos na goleada por 4-0 na República Checa. Somou uma assistência.

 

 

+ notícias: Desporto

Fernando Gomes, “bibota” de ouro, recordado pelos seus gestos simples

Gestos simples, humanismo e sensibilidade caracterizavam Fernando Gomes. Quando começou a ver jogos de futebol com apenas nove anos, o seu desejo era ser guarda-redes. No entanto, rapidamente decidiu que queria ser avançado.

António Costa envia condolência ao FC Porto e à família do "inesquecível Bibota"

O primeiro-ministro António Costa enviou este sábado condolências "à família, ao FC Porto e a todos os admiradores do inesquecível Bibota."

Na conta oficial da rede social Twitter, Costa recordou o antigo atleta do FC Porto e internacional português. "Recordaremos sempre a magia de Fernando Gomes em campo. Perdeu hoje, tristemente, a última batalha."

Fernando Gomes, melhor marcador da histórica do FC Porto e 'bibota de ouro', morreu este sábado vítima de doença prolongada.

“Gomes define-se como um grande goleador”. Como José Maria Pedroto via Fernando Gomes

Viajando até 1983, ano da conquista da primeira bota de ouro de “Bibota”, para José Maria Pedroto analisar a exibição de Fernando Gomes.