Ministério da Educação recebe mil pedidos por semana para substituir professores que pediram baixa

| Norte
Porto Canal

Há cerca de mil baixas médicas apresentadas por professores todas as semanas, docentes que é preciso substituir rapidamente, afirmou esta segunda-feira o ministro da Educação, João Costa.

O governante reafirmou que 90% das necessidades de professores se concentram em Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve e que, apesar do processo de substituição de docentes ser ágil, ele é também "dinâmico": todas as semanas estão a chegar cerca de mil pedidos para substituir baixas médicas, precisou.

João Costa, que falava aos jornalistas à margem de uma visita a uma escola de Santo Tirso, realçou que está a ser feito um trabalho de proximidade e a "ultimar o trabalho para permitir as acumulações entre escolas de uma forma mais fácil".

o ministro da Educação adiantou que ainda faltam preencher quase 3% dos horários cerca de 580), ou seja, professores em falta numa disciplina.

“Estamos a fazer tudo para que, em cada semana, estejamos sempre a colmatar as dificuldades que existem. A realidade que temos é que também todas as semanas chegam novos pedidos de professores”, sublinha João Costa.

+ notícias: Norte

Incêndio em habitação faz quatro desalojados em Paços de Ferreira

Um incêndio deflagrou este domingo no sótão de uma habitação em Paços de Ferreira, no distrito do Porto, causando quatro desalojados, nomeadamente uma mãe e três filhos.

Implementação do Metro do Porto foi "processo de catequização"

O administrador dos Transportes Intermodais do Porto, Manuel Paulo Teixeira, disse que a equipa que lançou o Metro do Porto, da qual fez parte, fez "um processo de catequização" para convencer pessoas, autarcas a instituições.

Impedidos de entrar no Casino de Espinho agridem três PSP. Foram detidos

A polícia deteve três pessoas por injúrias e agressão contra três agentes da PSP que se encontravam ao serviço no casino de Espinho, este domingo.