Comissário da Economia insta novo governo italiano a cumprir acordo de Draghi

Comissário da Economia insta novo governo italiano a cumprir acordo de Draghi
| Mundo
Porto Canal/ Agências

O comissário europeu de Economia, Paolo Gentiloni, instou esta segunda-feira o futuro Gobierno italiano a respeitar o plano de recuperação acordado entre as autoridades comunitárias e o Executivo de Mario Draghi.

“O importante é avançar com os compromissos que se assumiram, em especial com o plano de recuperação, porque este é para todos os Estados-membros e especialmente para os que têm um alto nível de dívida”, declarou Gentiloni na comissão de Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu.

O comissário não quis avançar mais além deste comentário e evitou fazer considerações políticas.

A Itália é o terceiro maior beneficiário do fundo europeu de recuperação criado para ajudar as economias europeias depois da crise da pandemia do novo coronavirus e acelerar a transição ecológica e digital.

A economia italiana tem previsto receber 191,5 mil milhões de euros, dos quais 122,6 mil milhões em créditos e 68 mil milhões como transferências diretas não reembolsáveis.

O Executivo comunitário deu em agosto de 2021 a autorização ao primeiro desembolso a Itália, de 24,9 mil milhões de euros e está a agora a avaliar uma segunda transferência, de 21 mil milhões.

+ notícias: Mundo

Putin diz que Moscovo continuará a atacar infraestruturas de energia ucranianas

O Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou esta quinta-feira que o seu país vai continuar a atacar infraestruturas de energia ucranianas, cujos ataques já obrigaram Kiev a enormes cortes de energia e água.

Céline Dion diagnosticada com doença neurológica rara e incurável

A cantora canadiana Céline Dion anunciou, esta quinta-feira, que foi recentemente diagnosticada com uma doença neurológica grave e incurável, que afeta cerca de uma pessoa em cada um milhão, síndrome de Moersch-Woltmann - também conhecida como síndrome de pessoa rígida (SPR).

Luis de La Fuente é o novo selecionador espanhol

Horas após a saída do ex-selecionador, Luis Enrique, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), anunciou através de um comunicado no site oficial que Luis de La Fuente é o novo treinador da seleção espanhola.