Museu Mineiro de São Pedro da Cova. Uma reportagem Porto Canal

| Norte
Porto Canal

Está para breve a reabertura do Museu Mineiro de São Pedro da Cova. O espaço, criado nos anos 80, está a ser alvo de obras de requalificação para permitir ao visitante experienciar de uma forma inovadora como se fazia a extração de carvão em Gondomar.

A inauguração deve acontecer dentro de um mês e uma das novidades é a vertente tecnológica do Museu que, entre outras atividades, possibilita a descida virtual a uma mina.

O Porto Canal foi espreitar as obras, ver algumas das peças que vão estar em exposição e, acima de tudo, conhecer na primeira pessoa como era a vida de quem trabalhava nas minas de São Pedro da Cova.

A descoberta do carvão em são pedro da cova deu-se no século XVIII. Numa altura em que a população que vivia sobretudo da agricultura, a exploração mineira veio mudar a atividade económica e postos de trabalho da região.

Porto Canal

 

E desengane-se aquele que pensar que nestas minas só entravam homens. Também havia muitas mulheres e crianças.

 

Porto Canal

 

Em 1900 extraía-se destas minas de São Pedro da Cova 7.500 toneladas de carvão por ano.

Mas em 1940, em plena segunda guerra mundial, já eram 300 mil toneladas.

 

Porto Canal

Porto Canal

A vida das minas de São Pedro da Cova começou a depauperar-se na década de 70, uma vez que o carvão começava a ser substituído por outras fontes de energia como o petróleo.

Fechou portas e ficou votada ao abandono até ao mítico ano de 1987.

No entanto, a luz ao fundo do túnel volta a surgir quando o espaço das minas foi adquirido pela junta de freguesia de São Pedro da Cova.

E em 1989 é criado o Museu Mineiro.

O museu que abre dentro de um mês e onde vai poder fazer a sua extração das memórias do que aqui se viveu.

+ notícias: Norte

Galiza e Portugal, nações irmãs. Causa galega marcha pelas ruas do Porto e Gaia

A iniciativa promovida por um grupo de cidadãos da Galiza passará, este sábado, pelas ruas do Porto e Gaia, naquela que é, segundo a organização, a intenção de "tornar visível a questão galega".

Casa da Arquitetura vai montar exposição com espólio do Metro do Porto

A Casa da Arquitetura pretende mostrar o acervo da Metro do Porto nos próximos três anos, tendo o seu diretor considerado que a implementação deste sistema de transportes, há 20 anos, implicou uma "disseminação positiva" da sua linguagem arquitetónica.

Distrito de Vila Real com 4 mortos e 18 alertas de incêndio urbano desde outubro

No distrito de Vila Real foram contabilizados 18 incêndios urbanos desde o dia 1 de outubro, dos quais resultaram quatro vítimas mortais, dois feridos e dois desalojados, segundo disse o comandante operacional distrital, Miguel Fonseca, esta sexta-feira.