Integração do LAD no Instituto Ricardo Jorge decisiva para acreditação

| Desporto
Porto Canal / Agências

A integração no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) foi decisiva para a recuperação das credenciais do Laboratório de Análises de Dopagem (LAD) de Lisboa, sublinhou hoje o Governo.

O comité executivo da Agência Mundial Antidopagem (AMA) aprovou hoje, em Sydney, na Austrália, a recomendação do seu grupo consultivo de especialistas em laboratórios para reacreditar o LAD.

O LAD ficou sem credenciais em 25 de outubro de 2018, pouco mais de dois anos depois da suspensão, em 15 de abril de 2016, inicialmente por um período de seis meses, face à não conformidade com as normas internacionais, como a falta de independência do laboratório, os atrasos dos resultados dos relatórios e falhas na aplicação de métodos obrigatórios para deteção de substâncias.

Devido à suspensão, o laboratório ficou impedido de proceder à análise das amostras por parte de federações e organizações desportivas que tenham assinado o código mundial antidopagem.

No entanto, o comité executivo da AMA reconheceu que, "desde então, o laboratório seguiu todas as etapas exigidas pela Norma Internacional de Laboratórios para garantir a sua nova acreditação".

Em comunicado, o gabinete do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, apontou como decisiva a integração do LAD no INSA, aprovada em Conselho de Ministros em 05 de maio último, deixando de estar na dependência do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

"Com esta integração num Instituto de reconhecido prestígio, Portugal consolidou os esforços empreendidos na luta contra a dopagem, reforçando a imagem do país enquanto Estado defensor da verdade desportiva e garantindo a conformidade do LAD com a norma internacional de laboratórios da AMA", lê-se na referida nota de imprensa.

A desconformidade prendia-se com a necessidade de se garantir a independência das organizações antidopagem relativamente ao setor do desporto.

"Agora, com a acreditação do LAD, é dada visibilidade ao controlo de dopagem efetuado no nosso país e ao reforço da luta contra a dopagem, permitindo ainda uma poupança ao Estado, que deixará de depender de análises encomendadas a laboratórios europeus e possibilitando arrecadar receitas de análises de dopagem solicitadas por outros países", conclui a tutela.

Durante a suspensão, a Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) recorreu, sobretudo, aos laboratórios de Barcelona, em Espanha, e Gent, na Bélgica, para a análise das amostras recolhidas em Portugal.

+ notícias: Desporto

Sete mil portistas encheram as ruas da Invicta na corrida do Dragão

A corrida do dragão voltou, no passado domingo, às ruas da cidade Invicta. Depois de dois anos impedida de se realizar devido à situação pandémica, voltou em grande com sete mil portistas a encherem as ruas da cidade do Porto.

Três adeptos do Estoril fora dos estádios por intolerância no jogo Estoril Praia-FC Porto

Os três adeptos do Estoril Praia acusados de intolerância com apoiantes do FC Porto estão impedidos de entrar em estádios, devido aos incidentes no encontro entre os dois clubes para a I Liga de futebol, do dia 16 de setembro.

Museu dos Dragões celebra nove anos e o Tour FC Porto faz parte da festa

Uma campanha especial no Tour FC Porto (Museu + Estádio) faz parte do programa do nono aniversário do Museu Futebol Clube do Porto, celebrado a 28 de setembro de 2022, dia dos 129 anos do FC Porto. Nesta data especial, descobrir a história azul e branca e conhecer os encantos e segredos do palco das grandes emoções portistas é uma experiência a metade do preço para os Sócios do clube, mas o público geral também beneficia de uma promoção “4 por 3” para fazer uma das visitas mais procuradas na cidade do Porto e na Região Norte de Portugal.