Confiança dos consumidores na zona euro em mínimo histórico

| Economia
Porto Canal / Agências

A confiança dos consumidores recuou, em setembro, para os -28,8 pontos na zona euro e -29,9 União Europeia (UE), os níveis mais baixos de sempre em ambas, segundo dados hoje divulgados pela Comissão Europeia

De acordo com os dados da Direção-geral dos Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia, o indicador de confiança dos consumidores recuou 3,8 pontos na zona euro e 3,5 pontos na UE, face a agosto.

O anterior recorde, de -24,9 pontos na zona euro e -26,0 na UE, tinha sido atingido em julho, após o que se seguiu uma ligeira recuperação, respetivamente, de 2,1 pontos e 1,0 pontos em agosto.

+ notícias: Economia

Recessão. Como olham os portugueses para o futuro próximo?

Empresários e cidadãos acreditam que os próximos meses vão trazer dificuldades económicas acrescidas e pedem mais apoios por parte do Governo.

Crescimento económico de 15,5% entre 2019 e 2024 é difícil de concretizar, afirma CES

O Conselho Económico e Social (CES) considera que o crescimento económico de 15,5% entre 2019 e 2024, previsto pelo Governo nas Grandes Opções, é "um valor difícil de concretizar", apontando para um valor inferior a 10%.

Bancos recebem 22 mil milhões de euros dos portugueses em 14 anos. BES recebe cerca de 40%

Os bancos portugueses já custaram ao Estado mais de 22 mil milhões de euros desde 2008. Exemplo disso é o BES/Novobanco que foi a “instituição financeira que mais beneficiou dos apoios públicos” tendo já recebido 8,3 mil milhões de euros, quase 40% do total que os contribuintes gastaram com ajudas à banca nos últimos anos.